CAIXA promete liberação de R$12 milhões para investimento no agronegócio

Na última segunda-feira (22), o presidente da Caixa Econômica Federal, Pedro Guimarães, anunciou que a instituição ofertou R$ 12 bilhões para o pré-custeio da safra 2021/22. Vale ressaltar que a afirmação aconteceu em um evento online com Tereza Cristina, ministra da Agricultura.

Caixa promete liberação de R$12.000.000 para investimento no agronegócio

Esse dinheiro foi disponibilizado desde 2020 ao setor, mais precisamente em dezembro.

De acordo com informações do governo, mais de R$ 8 bilhões já foram concedidos ao setor. Isso aconteceu através de linhas do Pronaf (Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar) e o Pronamp (Programa Nacional de Apoio ao Médio Produtor Rural).

“Até o começo de abril, acredito que já teremos emprestado os R$ 12 bilhões. Se houver mais demanda, poderemos empresar R$ 13, R$ 14, R$ 15, R$ 16 bilhões”, afirmou Guimarães.

Como esse dinheiro foi distribuído pela Caixa?

Do montante de R$ 12 bilhões, R$ 8 bilhões foram utilizados para custeio e o restante (R$ 4 bilhões) destinados a investimentos.

Vale ressaltar que para custeio, as taxas de juros do Pronaf são de 2,75% ao ano. Já do Pronampe, 4% ao ano, e demais produtores, 5% ao ano. Essas informações foram repassadas pelo executivo.

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE
OPORTUNIDADE
imagem do cartão
Você foi selecionado para ter um cartão de crédito, sem anuidade hoje mesmo.
Faça sua aplicação!
277 pessoas solicitando no momento...

Pedro Guimarães destacou, durante o evento, o crescimento da carteira da Caixa no ano de 2020. Nos 12 meses, o aumento foi de 73%, se comparado ao ano anterior (2019).

“A Caixa até então não tinha foco no pequeno produtor, o que essa gestão considera inaceitável”, afirmou Guimarães. A fala do presidente da Caixa é referente ao fato de que a instituição financeira está retomando a concessão de dinheiro com recursos obrigatórios.

É importante ressaltar que Pedro Guimarães disse ainda que a Caixa pretende abrir 21 novas agências, que serão dedicadas ao agronegócio.

Haverá equipes exclusivas para o atendimento de produtores rurais. Ainda de acordo com ele, essas agências serão distribuídas da seguinte forma: dez localizadas no Centro-Oeste, cinco no Sudeste, rês no Nordeste e três no Sul.

A localização é feita de forma estratégica para atender a maior quantidade de produtores possível.

“Estamos abrindo agências tanto em cidades com 22 mil habitantes, que é o caso de Canarana (MT), como em municípios maiores, de 242 mil habitantes, como Rio Verde, em Goiás”, completou Guimarães.

Bartira Araújo
Bartira Araújo se formou em Jornalismo pela Universidade Santa Cecília (UniSanta) no ano de 2008. Trabalhou como editora do Portal Unisanta Online e redatora em agências de marketing. Atualmente, produz matérias sobre loterias para o site FDR.