Inscrições na CNH Social do DF vão até 16 de março; veja como participar

Em apenas um dia, 11.978 pessoas se inscrevam no programa CNH Social, do Governo do Distrito Federal. O programa oferece gratuitamente, o processo de emissão de carteira de habilitação para pessoas de baixa renda. As inscrições seguem até o dia 16 de março.

Inscrições na CNH Social do DF vão até 16 de março; veja como participar
Inscrições na CNH Social do DF vão até 16 de março; veja como participar (Imagem: Google)

Serão oferecidas 5 mil vagas no total. Foram organizadas duas categorias para as oportunidades: Cidadão Habilitado e Estudante Habilitado. 

De acordo com o Departamento de Trânsito do DF (Detran-DF), encarregado da execução do programa, a ordem de inscrição não influencia na seleção, que só será começará após o fim do prazo.

10% destas vagas são reservadas para pessoas com deficiência e 40% para os beneficiários de programas sociais da Secretaria de Desenvolvimento Social e da Secretaria de Justiça e Cidadania. Outras 60% são exclusivas para estudantes. Por  fim, o restante fica destinada à população em geral.

Ao fazer o cadastro online, o candidato precisa inserir dados pessoais como, nome completo, e-mail, telefone, Cadastro de Pessoa Física (CPF) e o código do Cadastro Único para programas sociais do governo federal.

Quem pode participar do CNH Social

Na categoria Cidadão Habilitado, podem participar pessoas com deficiência e beneficiários de programas sociais. Nesta categoria, os candidatos devem ser maiores de 25 anos e estarem inscritos no CadÚnico.

Já na categoria Estudante Habilitado, o foco são os jovens. É preciso ter mais de 18 anos, participação no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), e ter completado o ensino médio em escola pública ou como bolsista em unidades particulares.

Para se inscrever, clique aqui

Os contemplados terão direito aos seguintes processos gratuitamente:

  • Exames de aptidão física, mental, psicológica e toxicológica, quando exigido
  • Obtenção da Carteira Nacional de Habilitação (CNH), inclusão ou alteração de categoria
  • Emissão da CNH
  • Realização dos cursos teórico e prático
  • Provas teóricas e práticas

Seleção

O Detran-DF diz que após o fim do prazo de inscrição, a Secretaria de Desenvolvimento Social e a Secretaria de Justiça e Cidadania irão verificar as informações dos candidatos.

As pastas são responsáveis pelo envio da lista dos selecionadas para o órgão, que devem comunicar o resultado.

Quando a lista for publicada, o candidato tem até 15 dias para fazer a matrícula pela internet.

Paulo AmorimPaulo Amorim
Paulo Henrique Oliveira, formado em Jornalismo pela Universidade Mogi das Cruzes e em Rádio e TV pela Universidade Bandeirante de São Paulo, atua como do redator do portal FDR produzindo matérias sobre economia em geral e também como repórter do site Aparato do Entretenimento cobrindo o mundo da TV e das artes.