Estado de SP tem 1º fim de semana na fase vermelha após meses de flexibilização

A partir deste fim semana, dias 30 e 31, todo o estado de São Paulo terá fase vermelha da quarentena contra a covid-19. A regra valerá durante todo o dia aos sábados, domingos e feriados. Além disso, o estado de SP passou a ter a fase mais restrita durante os dias úteis, das 20h às 6h.

Estado de SP tem 1º fim de semana na fase vermelha após meses de flexibilização
Estado de SP tem 1º fim de semana na fase vermelha após meses de flexibilização (Imagem: Rovena Rosa/Agência Brasil)

Por conta do aumento no número de casos de infectados pela pandemia de covid-19, o governador João Dória (PSDB) anunciou mudanças no Plano São Paulo. As novas regras tiveram início nesta segunda-feira (25).

Foi definido que as regiões de Barretos, Bauru, Franca, Marília, Presidente Prudente, Sorocaba e Taubaté estarão na fase vermelha. Com isso, haverá fechamento de comércios e serviços não essenciais.

As demais regiões, inclusive a da Grande São Paulo, estarão na fase laranja. No entanto haverá restrições da vermelha durante os dias úteis — após as 20h — e integralmente aos finais de semana.

Estão presente na fase laranja as regiões da Grande São Paulo, Araçatuba, Araraquara, Baixada Santista, Campinas, Piracicaba, Registro, Ribeirão Preto, São João da Boa Vista e São José do Rio Preto.

As medidas valerão até o dia 7 de fevereiro. Nenhuma região poderá progredir às fases amarela e verde, momentaneamente.

Funcionamentos autorizados para cada fase no estado de SP

A fase vermelha, a mais restrita, permite somente o funcionamento em setores essenciais. Estão autorizados alguns estabelecimentos, como farmácias, mercados, padarias, lojas de conveniência, bancas de jornal, postos de combustíveis, lavanderias e hotelaria.

Os demais comércios e serviços não essenciais só poderão atender em esquema de retirada na porta, drive-thru e entregas por telefone ou aplicativo.

Já no caso da fase laranja, está permitido o funcionamento de laranja, academias, salões de beleza, restaurantes, cinemas, teatros, shoppings, concessionárias, escritórios e parques estaduais, mas seguindo algumas regras.

Estes locais poderão funcionar por até oito horas diárias. O atendimento presencial está limitado a 40% da capacidade. Além disso, o encerramento deverá ser até às 20h.

O consumo local em bares está totalmente proibido. A venda de bebidas alcoólicas no comércio varejista poderá acontecer somente entre 6h e 20h.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Silvio Souza
Silvio Suehiro Souza é formado em Comunicação Social - Jornalismo pela Universidade de Mogi das Cruzes (UMC). Desde 2019 dedica-se à redação do portal FDR, onde tem acumulado experiência e vasto conhecimento na área ligada a economia, finanças e investimentos. Além disso, Silvio produz análises sobre produtos e serviços financeiros, sempre prezando pela imparcialidade e informações confiáveis.