CRLV Digital: Governo do MS divulga número impressionante de adesão

O Departamento Estadual de Trânsito de Mato Grosso do Sul (Detran-MS) anunciou que, entre os dias 4 e 8 de janeiro, houve a emissão de 6.760 Certificados de Registro e Licenciamento de Veículos (CRLV-e). A implantação do novo sistema de CRLV Digital já entrou em vigor.

CRLV Digital: Governo do MS divulga número impressionante de adesão
CRLV Digital: Governo do MS divulga número impressionante de adesão (Imagem: Marcelo Camargo/Agência Brasil)

O Mato Grosso do Sul é um dos primeiros estados do país a implantar esse novo sistema de documentação de veículos. Essa funcionalidade passar a ser unificada e digital em todo o país.

O documento unificou o Certificado de Registro Veicular (CRV) e o Certificado de Registro de Licenciamento de Veículos (CRLV).

Diferenciais do CRLV Digital

Essa medida possibilita que os proprietários de veículos tenham mais segurança, por meio da tecnologia QR Code. O sistema pode ser utilizado em formato digital e impresso. Para ter o documento físico, basta baixar e imprimir em papel comum.

Dessa forma, a população poderá ter acesso ao documento a qualquer hora, sem precisar sair de casa. Como resultado, o documento anterior — impresso em papel moeda — não precisará mais ser usado.

Inicialmente, o novo formato tem validade para veículos novos. Apesar disso, caso o proprietário perca o documento de transferência, será necessário procurar o Detran para emitir a segunda via — que virá no formato digital.

Em situação de compra e venda de veículos, a pessoa deverá procurar o Departamento para emitir uma Autorização para Transferência de Propriedade do Veículo Eletrônica (ATPV-e).

Anteriormente, essa era a parte em branco que estava presente no antigo recibo. A partir de agora, será preenchida digitalmente pelo próprio Detran.

Em caso de problema ao longo do processo, o motorista não terá cobrança alguma para a retificação. Nesse caso, o cliente deverá procurar uma das agências.

Digitalização do Detran-MS

Segundo o presidente do Detran-MS, Rudel Trindade, a inclusão do CRLV-e é um passo importante no processo de digitalização dos serviços oferecidos pelo órgão.

Ele afirma que o Detran está em busca de uma autarquia mais digital desde o início do ano passado. O processo de digitalização deve continuar em 2021. O destaque para este ano será pela qualidade do atendimento e agilidade aos clientes.

AvatarSilvio Souza
Silvio Suehiro Souza é formado em Comunicação Social - Jornalismo pela Universidade de Mogi das Cruzes (UMC). Possui experiência em produção textual e, atualmente, dedica-se à redação do portal FDR.