Como solicitar seguro desemprego pela Carteira de Trabalho Virtual em 2021?

Brasileiros podem solicitar o seguro desemprego sem precisar sair de casa. Um dos grandes efeitos administrativos do novo coronavírus foi a digitalização de uma série de serviços providos pelo Governo Federal. Entre as ferramentas digitais criadas, está a Carteira de Trabalho virtual onde os trabalhadores podem requerer seus benefícios pelo próprio celular.

Como solicitar seguro desemprego no Carteira de Trabalho Virtual? Veja passo a passo (Imagem: Google)
Como solicitar seguro desemprego no Carteira de Trabalho Virtual? Veja passo a passo (Imagem: Google)

A carteira de trabalho virtual funciona como um dispositivo eletrônico onde o cidadão passa a ter a acesso a todas as informações sobre seu histórico trabalhista.

Nela é possível conferir dados do PIS PASEP, acompanhar todo o histórico de sua CLT e agora solicitar o seguro desemprego.

Como ter acesso a carteira de trabalho digital?

O primeiro passo para usufruir de seus serviços é instalar o aplicativo no celular e solicitar a autorização do cadastro por parte do governo.

Para isso, basta baixar o app no aparelho e na sequência ir até a página do Ministério da Economia para consolidar o registro.

O procedimento é simples e passa a ser validado a partir do momento em que o empregado informa o número de seu CPF, nome completo e registro da sua CLT. Uma vez cadastrado no app, a conexão é feita através da senha criada pelo titular para garantir sua segurança.

E agora, como solicitar o seguro desemprego?

No caso da solicitação do seguro desemprego, é preciso cumprir as seguintes etapas:

  • Passo 1: abra o app e deslize para a direita na tela inicial até aparecer a opção “Entrar”;
  • Passo 2: insira CPF e senha;
  • Passo 3: autorize o uso de dados pelo aplicativo;
  • Passo 4: na tela seguinte, selecione “Benefícios”, no canto inferior direito;
  • Passo 5: em seguida, aperte “Solicitar” na área do seguro-desemprego;
  • Passo 7: digite o número do requerimento e clique em “Próximo”. Serão mostradas informações sobre a empresa e termos necessários. Avance até o final para terminar a solicitação.

Demais informes

O governo reforça que a digitalização desse serviço objetiva reduzir os riscos de aglomeração nos postos de atendimento presencial.

Desse modo, espera-se que a população passe a aderir a plataforma online para garantir a própria segurança.

O prazo de retorno do pedido é de até 30 dias após o início do protocolo e o pagamento inicial também deve ser feito no mesmo período.

Gostou do conteúdo? Siga @fdrnoticias no Instagram e FDR.com.br no Facebook para ver as últimas notícias que impactam diretamente no seu bolso e nos seus direitos.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Eduarda Andrade
Maria Eduarda Andrade é mestranda em ciências da linguagem na Universidade Católica de Pernambuco, formada em Jornalismo pela mesma instituição. Enquanto pesquisadora, atua na área de políticas públicas, economia criativa e linguística, com foco na Análise Crítica do Discurso. No mercado de trabalho, passou por veículo impresso, sendo repórter do Diario de Pernambuco, além de assessorar marcas nacionais como Devassa, Heineken, Algar Telecom e o Grupo Pão de Açúcar. Atualmente, dedica-se à redação do portal FDR, onde já acumula anos de experiência e pesquisas sobre economia popular e direitos sociais.