FGTS será arrecadado via PIX em 2021; como a novidade influencia no seu bolso?

O recolhimento do Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) por meio do sistema Pix poderá ser lançado em maio de 2021, após um anúncio de adiamento pelo Ministério da Economia. Anteriormente, o lançamento do sistema FGTS Digital estava previsto para janeiro do próximo ano.

FGTS será arrecadado via PIX em 2021; como a novidade influencia no seu bolso?
FGTS será arrecadado via PIX em 2021; como a novidade influencia no seu bolso? (Imagem: Marcello Casal Jr/Agência Brasil)

Por meio do FGTS Digital, será possível facilitar os recolhimentos via Pix, o novo sistema de pagamentos do Banco Central. A nova plataforma tem a proposta de centralizar a apuração, cobrança, recolhimento e lançamento das contribuições do FGTS.

De acordo com a Secretaria de Trabalho do ministério da Economia, a novidade poderá fazer com que as empresas tenham redução nos custos.

Por volta de 70 milhões de guias de recolhimento poderiam deixar de ser emitidas. Com isso, os empregadores teriam a possibilidade de acompanhar o pagamento de forma digital.

O anúncio do pagamento do Fundo de Garantia por meio do Pix havia sido anunciado em outubro deste ano. A revelação aconteceu por meio de um convênio entre a Secretaria Especial de Previdência e Trabalho do Ministério da Economia com o Banco Central.

Ampliação das possibilidades de uso pelo Pix

Além da possibilidade do recolhimento do FGTS, o Pix poderá ser utilizado para mais tipos de movimentações financeiras. A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) e o Banco Central, têm procurado incluir a possibilidade de pagamento da conta de luz por meio do sistema Pix.

Para os recebedores, a novidade será benéfica por tornar a quitação do valor mais rápida e barata. Para os pagadores, o recurso fará com que a ação seja menos burocrática.

Para o primeiro semestre do próximo ano, está prevista a possibilidade de efetuar saques em lojas sem precisar de um caixa eletrônico ou uma agência. Com essa inclusão do Pix para o saque em estabelecimentos comerciais, os comerciantes terão menor gasto na movimentação financeira.

Outra possibilidade de pagamento, entre as planejadas pelo Banco Central, está a de quitar o Documento de Arrecadação do Simples Nacional (DAS) pelo QR Code do sistema Pix. O lançamento para esta funcionalidade está previsto para janeiro de 2021.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Silvio Souza
Silvio Suehiro Souza é formado em Comunicação Social - Jornalismo pela Universidade de Mogi das Cruzes (UMC). Desde 2019 dedica-se à redação do portal FDR, onde tem acumulado experiência e vasto conhecimento na área ligada a economia, finanças e investimentos. Além disso, Silvio produz análises sobre produtos e serviços financeiros, sempre prezando pela imparcialidade e informações confiáveis.