Antecipação do 13° salário do INSS pode ser liberada após fim do auxílio emergencial

Com o fim do pagamento do auxílio emergencial, os aposentados e pensionistas do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) poderão receber o seu 13º salário de forma adiantada. Caso tenha uma nova onda do coronavírus, a equipe econômica de Jair Bolsonaro possui um plano de contingência.

Antecipação do 13° salário do INSS pode ser liberada após fim do auxílio emergencial
Antecipação do 13° salário do INSS pode ser liberada após fim do auxílio emergencial (Foto: Google)

Este plano possibilita a antecipação do 13º salário para os segurados. Além disso, pode ser liberado o pagamento do abono salarial, que é como se fosse um 14º salário pago aos trabalhadores que ganham até 2 salários mínimos.

Antecipação do 13º salário do INSS em 2020

No período da pandemia causada pelo novo coronavírus, o 13º salário foi pago antecipadamente.

Foram antecipados também, o calendário do abono salarial e a cobrança de tributos que seriam pagos por empresas e microempreendedores.

14º salário do INSS

Durante o ano surgiram algumas propostas para o 14º salário dos pensionistas e aposentados. Uma delas foi a proposta popular do projeto de Lei 3.657/2020.

O projeto de lei foi acatado pelo senador Paulo Paim (PT-RS)  que está como relator do projeto no Senado.

De acordo com ele, são cerca de 35 milhões de brasileiros aposentados e pensionistas do INSS em que cerca de 80% ganham só um salário mínimo mensal. 

Para a aprovação do texto a argumentação foi que “a pandemia está fazendo um enorme estrago na economia e na vida das pessoas menos favorecidas”. Sendo assim, a concessão do 14º salário emergencial, reiterou ele, “é uma questão humanitária”.

O advogado Sandro Gonçalves é o autor da ideia, e acredita que a antecipação do 13º salário de aposentados e pensionistas por conta da pandemia causada pelo novo coronavírus socorreu os segurados no começo da crise.

Porém, ele enxerga que em dezembro, esses segurados vão ficar sem esse benefício, o que pode causar consequências ainda maiores para eles.

A ideia do projeto foi apresentada no dia 29 de maio e, no dia 6 de junho já tinha conseguido 20 mil apoiadores.

A proposta ainda está esperando para ser votada, mas não há tempo suficiente para que o benefício seja aprovado e liberado para a população em 2020.

Para quem seria pago?

O benefício seria pago para aqueles que recebem:

  • Auxílio-doença
  • Auxílio-acidente
  • Aposentadoria
  • Pensão por morte
  • Auxílio-reclusão

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Jheniffer Freitas
Jheniffer Aparecida Corrêa Freitas é formada em Jornalismo pela Universidade de Mogi das Cruzes. Atuou como assessora de imprensa da Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo e da Secretarial Estadual da Saúde de São Paulo. Há dois anos é redatora do portal FDR, onde acumula bastante experiência em produção de notícias sobre economia popular e finanças.