BC anuncia nova função de pagamento usando o PIX; conheça os detalhes

O Banco Central informou que o PIX poderá ser usado para pagar conta de celular. Com isso, os clientes de telefonias poderão pagar faturas de celular, além da recarga de serviços pré-pagos móveis e fixos.

BC anuncia nova função de pagamento usando o PIX; conheça os detalhes
BC anuncia nova função de pagamento usando o PIX; conheça os detalhes (Imagem: Reprodução/Google)

Essa novidade veio após um acordo firmado entre o Banco Central e o Sindicato Nacional das Empresas de Telefonia e Serviços Móvel Celular e Pessoal (SindiTeleBrasil). A implantação será gradual, para evitar problemas no sistema.

“A parceria tem o objetivo de proporcionar o Pix como alternativa, melhorando a experiência de pagamento dos usuários e a gestão financeira dos recebimentos das empresas de telefonia móvel. Além disso, reforça o Pix como uma alternativa de pagamento entre a população brasileira”, disse o banco em nota.

A SindiTeleBrasil, que agora se chama Conexis Brasil Digital, também se pronunciou sobre o novo serviço de pagamento, e deixou claro que o Banco Central e a entidade estão trabalhando juntos para definir a melhor maneira de implementar o PIX.

“O acordo possibilitará uma implantação mais rápida dessa nova modalidade de pagamento no setor de conectivdade e telecomunicações com benefícios tanto para os usuários dos serviços quanto para as operadoras”, disse em nota a Conexis Brasil Digital.

Esse acordo é mais um dos muitos que o Banco Central está fechando, com o intuito de trazer a maior serventia disponível para a forma de pagamento. Anteriormente, o banco já havia informado a possibilidade de permitir o pagamento de conta de luz, recolhimento do FGTS e do eSocial das domésticas.

Um mês de PIX

Nesta quarta-feira (16), o PIX fez um mês de operação. Segundo os dados divulgados pelo Banco Central no dia 15 de dezembro, 116 milhões de chaves foram cadastradas, sendo 110,9 milhões de pessoas físicas e 5,1 milhões de pessoas jurídicas.

Durante esse mês de funcionamento já foram registradas 92,2 milhões de transações, que conseguiram movimentar um total de R$ 83,4 bilhões. Segundo o banco, o número de empresas cadastradas é grande, mesmo assim é esperado que esse número aumente.

“A medida que as funcionalidades do Pix forem sendo ofertadas pelas instituições participantes às empresas, elas naturalmente vão passar a ofertar essa forma de pagamento”, disse o chefe do Departamento de Competição e de Estrutura do Mercado Financeiro do BC, Angelo Duarte.

Você gostou deste conteúdo? AVALIE:

Avaliação média: 0
Total de Votos: 0

BC anuncia nova função de pagamento usando o PIX; conheça os detalhes

Glaucia Alves
Gláucia Alves, formada em Letras-Inglês pela Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE). Foi professora por 8 anos. Em 2020 começou a trabalhar como corretora de redação. Atualmente, trabalha na equipe do portal FDR, produzindo conteúdo sobre economia e direitos da população brasileira, além de realizar consultoria de redação on-line.
×

Este cartão de crédito sem anuidade está selecionando pessoas para receber possível limite agora!

VER AGORA