PIX vai autorizar pagamento de inscrição para vestibular à taxas do governo

O novo sistema de pagamentos lançado pelo Banco Central (BC), Pix, poderá ser utilizado para pagamentos de taxas para a União, tais como vestibulares, emissões de passaporte, multas e entre outros. Mas essa novidade chegará aos poucos aos usuários. O Pix já poderá ser utilizado a partir desta segunda-feira (16). 

 PIX vai autorizar pagamento de inscrição para vestibular até taxas do governo

PIX vai autorizar pagamento de inscrição para vestibular até taxas do governo (Imagem: Reprodução Google)

Dessa forma, essa modalidade de pagamentos de tributos e taxas poderá ser usada, aos poucos. A partir da data do lançamento do Pix.

Geralmente, os pagamentos feitos para a União são realizados através de Guia de Recolhimento da União (GRU). É por meio desse documento que as taxas e multas são pagos à órgãos federais. 

Assim, a partir de agora, por conta de uma parceria entre o Tesouro Nacional e o BC, esses pagamentos poderão ser efetuados por meio da nova modalidade de pagamentos.

Pagamentos pelo PIX

Com a parceria, o Tesouro Nacional está preparando um cronograma a fim de permitir que os pagamentos possam ser realizados pelo Pix.

Além do Tesouro Nacional, o Banco Central também visa fechar acordos com outros órgãos. Para que estes possam aceitar o novo formato de pagamento.

São as secretarias de Fazenda que, caso fechem o acordo, poderão permitir que impostos de arrecadação dos estados também possam ser pago por meio do PIX. 

A partir do ano de 2021, inclusive, as pessoas poderão pagar a Guia de Recolhimento do FGTS também. Pelo novo sistema de pagamentos instantâneos. 

Ademais, o BC já fechou acordo com a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel). Para que assim os usuários possam pagar suas contas de luz por meio do PIX. 

Afinal, o que é o PIX? 

É um novo sistema de pagamentos, lançado pelo Banco Central, que permitirá aos usuários, utilizar a modalidade de transferências de forma mais rápida do que é feito atualmente.

Assim, as pessoas não precisarão mais esperar passar dias para que o pagamento “caia” em conta. 

Dessa forma, pagamentos e transferências prometem ser concluídos em até dez segundos. Em qualquer dia e horário da semana (incluindo final de semana). 

Essa nova modalidade de pagamentos começará a funcionar a partir da próxima segunda-feira, e bancos e fintechs já estão se adequando para introduzir o novo meio de pagamento em seus sistemas. 

 

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

REDAÇÃO
Cobertura e repercussão de assuntos que impactam o bolso de todos os brasileiros. A redação do FDR.com.br traz diariamente assuntos relevantes de uma forma descomplicada e confiável.