Brasil marca abertura de mais de 200 MIL novas empresas no mês de outubro; o que isso significa?

Em meio a pandemia do novo coronavírus no Brasil, os dados sobre a abertura de empresas no país são animadores. De acordo com o Ministério da Economia, foram abertas 320.559 novas empresas em outubro deste ano, contra 89.306 que foram fechadas. A informação foi divulgada na segunda-feira (9).

Brasil marca abertura de 231 mil novas empresas no mês de outubro
Brasil marca abertura de 231 mil novas empresas no mês de outubro (Imagem: Reprodução / Google)
publicidade

Os números foram publicados no Mapa de Empresas, ferramenta digital do Ministério da Economia (ME) que acompanha os dados sobre registro empresarial no Brasil.

Eles mostram que o mês de outubro registrou uma queda no saldo de empresas abertas se comparado a setembro, que contou com a abertura de 239.733 novos empreendimentos.

Segundo o secretário de Governo Digital do Ministério da Economia, Luis Felipe Monteiro, os dados de outubro são uma “evidência da retomada da atividade econômica brasileira” após a crise enfrentada neste período de pandemia da Covid-19.

“As medidas de simplificação que estamos implementado nesta gestão têm impacto forte neste processo, com o intuito de melhorar ainda mais o ambiente de negócios no país”, disse.

Apesar do cenário ser de crise, o acumulado de todos os meses de 2020 até agora é positivo. Ou seja: mais abertura de negócios do que fechamento. Ao todo, foram quase 2 milhões (1.954.970) de empreendimentos criados.

Reflexo do crescimento por estado

Ainda em relação ao mês de outubro, Amapá foi o estado com maior aumento percentual em relação ao registro de novas empresas, segundo o Ministério da Economia.

No décimo mês deste ano foram abertos 755 novos empreendimentos no estado, uma alta de 15,62% na comparação a setembro.

“Destacam-se, também, Mato Grosso (+5,13%) e Rondônia (+3,71%). Por outro lado, Tocantins registrou a maior variação em relação ao número de empresas fechadas. Em outubro, 601 negócios foram finalizados no estado, o que representa um aumento de 19,48% em relação ao mês anterior”, informou o Ministério da Economia.

“Comércio varejista de bebidas” foi a área que registrou maior crescimento em outubro. A elevação percentual foi de 4,81% no registro de novos negócios abertos, na comparação com o mês anterior, seguido dos setores de “Transporte rodoviários de cargas” (+4,77%) e de “Promoção de vendas” (+3,26%), como monstra o Mapa de Empresas.

AvatarIsabela Veríssimo
Isabela Veríssimo é jornalista formada pela Universidade Católica de Pernambuco (UNICAP) com passagens por redações, desde 2016, como o Diario de Pernambuco, Jornal do Commercio e Rede Globo. Atualmente dedica-se à redação de economia do portal FDR.