FGTS emergencial: Qual melhor forma de usar o dinheiro na pandemia?

O FGTS Emergencial foi criado pelo governo para estimular a economia neste período de crise que foi causada pelo novo coronavírus. Saiba aqui as melhores formas de usar o seu dinheiro neste momento.

FGTS emergencial: Qual melhor forma de usar o dinheiro na pandemia?
FGTS emergencial: Qual melhor forma de usar o dinheiro na pandemia? (Foto: FDR)

Quem pode sacar?

Poderão fazer os saques os trabalhadores que tenham contas ativas, do emprego atual, ou inativas, de empregos anteriores, do FGTS. 

Qual valor?

O valor a ser retirado pelos trabalhadores não poderá passar de R$1.045, mesmo que na conta possua valor maior que esse. Quem tem saldo menor pode zerar seu fundo de garantia com esse saque. 

Pagar dívida

Caso o trabalhador tenha dívida, pode usar o dinheiro para que consiga se livrar dos juros e possa limpar o seu nome. O Serasa está fazendo uma campanha com descontos que podem chegar a 99% no acordo

Sendo assim, é importante listar os seus compromissos que estão atrasados, depois de visualizar tudo e definir uma das suas prioridades.

Essa prioridade deve ser definida com base nas taxas de juros, quanto maior for a taxa é melhor pagar a dívida mais rápido.

Mesmo que o valor não seja o suficiente para quitar toda a dívida, diminuir ela já é um bom começo.

Fazer investimento

Aqueles que estão dispostos e podem esperar algum tempo para desfrutar do dinheiro devem apostar nos investimentos. São muitas opções para diversos perfis de investidores.

Os investidores mais conservadores devem optar por investimentos em renda fixa, que possibilitam a previsão da remuneração final desde o momento da contratação. 

Esses costumam apresentar alta liquidez, ou seja, facilidade no resgate ou venda, os mais indicados são os Certificados de Depósito Bancário (CDB).

Fundo de emergência

Reservar o dinheiro pode te ajudar na sua vida financeira, já que podem acontecer imprevistos como manutenção de carro, quebra de eletrodomésticos e gastos com saúde ou remédios.

Os trabalhadores podem usar esse dinheiro para arcar com essas despesas sem que prejudique o seu orçamento mensal.

Apesar disso, o dinheiro deve ser deixado em uma conta separada para que seja tirado apenas quando seja necessário.

Consórcio de imóveis

O trabalhador pode realizar a compra do seu primeiro apartamento parcelado e sem juros por meio da modalidade de consórcio. 

Ao realizar a contratação, poder fazer parte de um grupo de pessoas que desejam comprar o apartamento, em que todos eles devem pagar as parcelas mensais que são estabelecidas no contrato.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Jheniffer Freitas
Jheniffer Aparecida Corrêa Freitas é formada em Jornalismo pela Universidade de Mogi das Cruzes. Atuou como assessora de imprensa da Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo e da Secretarial Estadual da Saúde de São Paulo. Há dois anos é redatora do portal FDR, onde acumula bastante experiência em produção de notícias sobre economia popular e finanças.