Governo tem expectativa de crescimento recorde no número de MEIs em 2020

O governo possui expectativas de que neste ano haja um recorde de criação de Microempreendedores Individuais (MEIs). De acordo com dados do Portal do Empreendedor, desde o início de janeiro até o fim de setembro, foram feitos 1,470 milhão de novos registros.

Governo tem expectativa de crescimento recorde no número de MEIs em 2020
Governo tem expectativa de crescimento recorde no número de MEIs em 2020 (Foto: Google)

“É assustador”, diz o presidente do Sebrae, Carlos Melles. No mesmo período em 2019, o número de novos MEIs registrados ficou em 1,291 milhão.

O estoque se encontra em 10,9 milhões de MEIs e 7,5 milhões de pequenas e micro empresas. Com isso, uma parcela expressiva dos brasileiros estarão envolvidos com um novo negócio ou com uma empresa de até 3,5 anos de operação, diz o Sebrae.

A maioria é composta por pessoas que perderam o emprego formal e se tornaram MEIs por precisão, aponta Melles.” É uma válvula de escape”, diz o presidente da entidade.

Pequenos negócios que inovaram foram menos atingidos pela crise

Segundo uma pesquisa do Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae), feita em conjunto com a Fundação Getúlio Vargas (FGV), os empresários que desenvolveram inovações em seus negócios obtiveram uma melhora no nível de faturamento.

Um em cada quatro donos de pequenos negócios implementou alguma medida inovadora desde que começou a pandemia do novo coronavírus.

Os pequenos negócios inovadores apontaram uma diminuição de 32% da receita, já as empresas que não desenvolveram inovações tiveram um percentual de perda maior (39%).

A digitalização dos serviços é uma das inovações propostas para o mercado

Atualmente, um dos principais desafios dos micro e pequenos empresários é a digitalização dos serviços.

A empresária Idalegugar Fernandes e Silva de Castro, mais conhecida como Guga Fernandes, desenvolveu a primeira indústria de vitaminas e minerais das regiões norte e nordeste do Brasil em 2013. Até 2018, a empresa tinha uma modesta rentabilidade através de pontos de vendas localizados em pontos estratégicos das cidades onde se encontrava.

Após um treinamento oferecido pelo Sebrae, ela automatizou o seu comércio para o digital, usando principalmente redes sociais, deixando assim, os pontos físicos. Além disso, fez a contratação de uma equipe de funcionárias para fazer a revenda.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

REDAÇÃO
Cobertura e repercussão de assuntos que impactam o bolso de todos os brasileiros. A redação do FDR.com.br traz diariamente assuntos relevantes de uma forma descomplicada e confiável.
×

Este cartão de crédito sem anuidade está selecionando pessoas para receber possível limite agora!

VER AGORA