SiSU, Prouni e Fies: Qual programa do governo VOCÊ deve usar para entrar na universidade?

SiSU, Prouni e Fies são programas regulados pelo governo federal que possibilitam o ingresso em instituições de nível superior. No entanto, eles possuem particularidades próprias apenas a eles.

publicidade
SiSU, Prouni e Fies: Qual programa do governo VOCÊ deve usar para entrar na universidade?
SiSU, Prouni e Fies: Qual programa do governo VOCÊ deve usar para entrar na universidade? (Imagem/Reprodução Google)
publicidade

O intuito máximo do Governo Federal na criação do SiSU, Prouni e Fies é possibilitar que mais pessoas tenham formação de nível superior.

Cada um deles tem seu processo seletivo aberto em datas diferentes e seguindo seus próprios critérios.

SiSU

O Sistema de Seleção Unificada é o programa que permite que, sem a realização de vestibular, a pessoa possa ingressar em uma instituição pública.

A inscrição é virtual e é o próprio sistema que realiza a seleção de acordo com a nota do Enem. Geralmente acontecem duas seleções ao ano, em 2020 também foi aberta a inscrição para vagas remanescentes.

No SiSU basta que o estudante tenha feito parte do Exame Nacional do Ensino Médio e que não tenha zerado a redação.

O processo seletivo conta com nota de corte, que é a nota mínima que um candidato precisa alcançar no Enem para conseguir a vaga que deseja.

 Prouni

O Programa Universidade Para Todos é destinado àqueles estudantes que pretendem ingressar em uma instituição de ensino superior particular, mas que desejam fazer isso por meio de bolsas, seja ela parcial (50%) ou integral (100%).

Nas bolsas integrais o candidato precisa ter renda familiar de até um salário mínimo e meio por pessoa. Já para as bolsas parciais deve ter renda de até 3 salários mínimos por pessoa.

Os candidatos não podem ter diploma de nível superior; devem ter participado do Enem; alcançado ao menos 450 pontos de média geral e não ter zerado a redação.

Fies

O Fundo de Financiamento Estudantil é uma forma de financiar o estudo em instituições particulares. Com a última mudança o programa passou a ser formado por modalidades.

Na primeira é possível conseguir juros zero e os recursos são da União. Na segunda, destinada a três regiões do Brasil: regiões Norte, Nordeste e Centro-Oeste; os recursos usados são dos Fundos Constitucionais e de Desenvolvimento. Já a terceira modalidade tem recursos do BNDES.

A modalidade 2 e 3 são destinadas aos estudantes com renda de até 3 salários mínimos por pessoa.

Independente do programa, apenas fazem parte deles instituições reconhecidas pelo MEC.

Acompanhe a seção Carreiras do FDR e tenha acesso a todas as informações sobre o Enem, SiSU, Prouni e Fies.

Jamille NovaesJamille Novaes
Jamille Pereira Novaes é graduada em Letras Vernáculas pela Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (UESB), pós-graduada em Gestão da Educação pelo Centro Universitário Maurício de Nassau (UNINASSAU). Como professora de Língua Portuguesa, já atuou no ensino fundamental I e II. Atualmente, trabalha com professora de Língua Portuguesa no ensino técnico e redatora da editoria de carreiras do portal FDR.