Governo anuncia prorrogação das inscrições no Fies 2020.2 após erro no sistema

PONTOS CHAVES

  • O MEC prorrogou o prazo para a realização de inscrição no FIES;
  • A justificativa é que o sistema não suportou o tantos acessos e o site ficou fora do ar;
  • As vagas são remanescentes, isto é, que não foram ocupadas.

O Ministério da Educação (MEC) prorrogou o prazo para que sejam realizadas as inscrições nas vagas remanescentes do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies). O novo cronograma ainda será divulgado em um edital específico.

Governo anuncia prorrogação das inscrições no Fies 2020.2 após erro no sistema
Governo anuncia prorrogação das inscrições no Fies 2020.2 após erro no sistema (Foto: Google)

As vagas disponíveis são as que não foram preenchidas nos processos regulares do programa neste ano.

A prorrogação do prazo será por conta da suspensão do sistema de inscrições das vagas remanescentes do Fies, que foram disponibilizados na última segunda-feira (6).

Segundo o aviso que está disponível na página do financiamento, essa ampliação do cronograma vai ser proporcional ao tempo em que a plataforma ficou indisponível para os candidatos.

O comunicado ainda destaca que aqueles que já se inscreveram não serão prejudicados.

A nota divulgada afirma que a impossibilidade da inscrição acontecer por conta do grande número de acessos, fazendo com que fosse preciso realizar a manutenção no site.

Quem pode se inscrever?

Governo anuncia prorrogação das inscrições no Fies 2020.2 após erro no sistema
Governo anuncia prorrogação das inscrições no Fies 2020.2 após erro no sistema (Foto: Google)

Para se inscrever é preciso que o estudante tenha participado de uma das edições do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), a partir do ano de 2010.

Além disso, é preciso que tenha obtido ao menos 450 pontos na média das cinco provas do exame, além de nota superior a zero na redação do Enem.

Quem não pode se inscrever?

Estudantes pré-selecionados no Fies 2020/2, na edição regular que ainda estão em processo de contratação do financiamento. 

Isso acontece também para aqueles que já são beneficiados pelo programa ou foram beneficiados e não fizeram o pagamento da sua dívida.

Ocupação

O processo para ocupar essas vagas remanescentes é diferente das vagas regularesNeste, a ocupação é de acordo com a ordem de conclusão das inscrições.

Por isso, para quem deseja fazer alguma alteração é necessário cancelar o cadastro e fazer uma nova inscrição, com isso, sua vaga pode ser ocupada por outra pessoa.

Cronograma

  • 6 a 13 de outubro: inscrições para candidatos não matriculados no curso pretendido
  • 6 a 13 de novembro: inscrições para candidatos matriculados no curso pretendido

O que é FIES?

O Fies é um programa de financiamento estudantil para aqueles que desejam ingressar no ensino superior em universidades privadas.

O programa hoje, possui duas categorias: a primeira oferece vagas com juros zero para os estudantes com renda mensal familiar de até três salários mínimos. 

A segunda é chamada P-Fies, que é direcionada para os estudantes que têm renda mensal familiar de até cinco salários mínimos.

Como suspender o pagamento na pandemia?

Os estudantes que possuem contratos do Financiamento Estudantil (Fies) feito por meio do Banco do Brasil (BB) ou da Caixa Econômica Federal vão poder solicitar a suspensão do pagamento enquanto perdurar o estado de calamidade pública.

A medida vale para aqueles que estão em situação de inadimplência com os contratos, antes o dia 20 de março, que foi a data em que o estado de calamidade foi aprovado pelo Congresso Nacional.

Os inadimplentes também podem fazer a suspensão das parcelas, desde que as amortizações devidas até 20 de março sejam de no máximo 180 dias. 

As parcelas em atraso antes da pandemia não serão suspensas. De acordo com o FNDE, cerca de 151 mil estudantes do Fies aderiram ao programa de suspensão do pagamento das parcelas. 

Já nas novas regras, cerca de 1,5 milhão de alunos do Fies, do total de 2,8 milhões que estão no programa, são elegíveis para a suspensão temporária do pagamento. 

Como pedir a suspensão?

  • Banco do brasil

A suspensão já está disponível no Banco e pode ser realizado nas agências bancárias. Já no aplicativo do banco, essa ferramenta estará disponível apenas na segunda quinzena de outubro.

De acordo com o Banco do Brasil, essa manifestação pode ser realizada de forma simples, sendo preciso apenas a concordância do estudante por conta das alterações contratuais, na solicitação. Depois que essa solicitação estiver formalizada não poderá ser cancelado. 

  • Caixa

Os estudantes que possuem contrato do FIES com o banco, já podem pedir a suspensão. 

Para isso é necessário o estudante manifestar o seu interesse pelo site: http://sifesweb.caixa.gov.br

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Jheniffer Freitas
Jheniffer Aparecida Corrêa Freitas é formada em Jornalismo pela Universidade de Mogi das Cruzes. Atuou como assessora de imprensa da Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo e da Secretarial Estadual da Saúde de São Paulo. Atualmente, é redatora do portal FDR, produzindo pautas sobre economia popular e finanças.
×

Este cartão de crédito sem anuidade está selecionando pessoas para receber possível limite agora!

VER AGORA