Detran-SP lista motivos que mais provocam suspensão da CNH; confira quais evitar!

PONTOS CHAVES

  • Detran-SP apreende mais de mil CNH’s por violação de trânsito
  • Excesso de velocidade está entre as multas mais aplicadas
  • Motoristas passam por período de detenção

Excesso de velocidade em São Paulo. Nessa semana, o Detran-SP liberou um levantamento onde pode mostrar as principais infrações de trânsito cometidas pelos motoristas estaduais. De acordo com os dados, o principal motivo pelos quais os condutores estão tendo a CNH suspensa diz respeito a ultrapassagem da velocidade permitida, equivalendo a cerca de 46% das violações totais. Confira o resultado.  

Detran-SP lista motivos que mais provocam suspensão da CNH; confira quais evitar! (Imagem: Divulgação/Governo do Estado de São Paulo)
Detran-SP lista motivos que mais provocam suspensão da CNH; confira quais evitar! (Imagem: Divulgação/Governo do Estado de São Paulo)

Sendo a maior capital do país, a cidade de São Paulo apresenta também o maior fluxo de carros por avenida. Desse modo, seus números no que diz respeito as infrações de trânsito acabam ganhando mais destaque.

De acordo com o Detran-SP, uma pesquisa aplicada com 18.171 alunos do curso de reciclagem de condutor infrator de 2017 a 2020 mostrou que a maioria dos infratores são homens.  

Desse quantitativo, foi possível registrar que 7.084 admitiram excesso de velocidade (46,2%), 2.092 estacionaram ou pararam em local proibido (13,6%), 404 ultrapassaram o sinal vermelho (2,6%) e 395 usaram o celular enquanto dirigiam (2,5%).  

Suspensão da carteira 

É válido ressaltar que, tais infrações resultam diretamente na suspensão temporária ou definitiva da CNHOs motoristas, ao serem multados, passam a acumular pontos em suas carteiras de habilitação e ultrapassando o limite de 20 pontos ficam por 12 meses sem acesso ao documento, ou seja, impedidos de dirigirem.  

O processo de devolução da CNH para quem passa por essa fiscalização é rigoroso e requer que o cidadão volte a passar pelas aulas e avaliações do Detran como uma espécie de penalização por ter violado as leis de trânsito.  

Porém, é importante reforçar que, no caso de uma violação grave, onde haja reincidências de grande porte ou condenação por parte do motorista, o mesmo fica sujeito a ter o documento cassado sem a possibilidade de retorno.  

Mutirão de reciclagem 

Com mais de mil motoristas de habilitação suspensa, o Detran-SP realizou, na última quinta-feira (08), um mutirão de reciclagem da CNH. Ao todo, participaram 2.500 motoristas que passaram pelos novos treinamentos. 

Esse grupo foi atuado entre os anos de 2017 e 2020, condenados a perder o documento temporariamente. Para eles, foi necessário realizar uma nova prova de direção, aplicada na Fatec do Bom Retiro, na região central de São Paulo.  

Além do exame prático, os alunos também tiveram um curso online, com aulas teóricas sobre as leis de trânsito, riscos de acidente, burocracias e demais processos de fiscalização do Detran.  

Detran-SP lista motivos que mais provocam suspensão da CNH; confira quais evitar! (Imagem: Reprodução/Google)
Detran-SP lista motivos que mais provocam suspensão da CNH; confira quais evitar! (Imagem: Reprodução/Google)

Motoristas em reavaliação  

Assistente de vendas, Daiane Nascimento explicou que o motivo de sua participação do mutirão não foi por violação de trânsito. Ela vendeu seu carro e não passou o documento para o nome do novo comprador, responsável pelas violações.  

Aí eu acabei pegando a multa de outra pessoa”, afirma. 

Já Edmar Oliveira é motoboy e explica que o motivo de tais infrações diz respeito às demandas de trabalho. Além de viver de serviços de entrega, o paulistano também faz demais bicos pela região e usa a motocicleta como alternativa mais rápida para driblar o trânsito.  

Na profissão acontece muito isso daí. Quem trabalha nas vias, como motofretista, caminhoneiro, sempre vai passar por isso. Principalmente o motofretista, ele é muito cobrado por isso daí. Tem sempre que estar correndo nas vias, correndo risco de acidente, tudo, multa sempre. Bastante multa a gente paga”, justificou.  

Éder Frugoni, administrador de tecnologia fez o procedimento pela primeira vez e afirma que a experiência servirá de exemplo para ter mais atenção e conscientização enquanto estiver no volante.  

“Eu dirijo desde 96, já faz bastante tempo, é a primeira vez que acontece isso comigo, mas foi bom. De uma certa forma você se conscientiza mais. Hoje a educação no trânsito é muito mais cobrada do que na época, na década de 90, 2000, que era muito mais liberal. As pessoas abusavam mais. Hoje não.” 

Índices de acidente em destaque 

Segundo Ernesto Mascellani Neto, presidente do Detran-SP94% dos atuais acidentes são motivados justamente pelo excesso de velocidade, resultado na elevação do número de mortes nas principais vias paulistanas.  

“As condições de tráfego da via são as principais causas, inclusive de óbitos. Quando quase metade dos nossos alunos reconhecem que ultrapassaram os limites de velocidade fica claro a correlação disso com os acidentes e também com os óbitos.” 

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Eduarda Andrade
Maria Eduarda Andrade é mestra em ciências da linguagem pela Universidade Católica de Pernambuco, formada em Jornalismo na mesma instituição. Enquanto pesquisadora, atua na área de políticas públicas, economia criativa e linguística, com foco na Análise Crítica do Discurso. No mercado de trabalho, passou por veículo impresso, sendo repórter do Diario de Pernambuco, além de assessorar marcas nacionais como Devassa, Heineken, Algar Telecom e o Grupo Pão de Açúcar. Atualmente, dedica-se à redação do portal FDR, onde já acumula anos de experiência e pesquisas sobre economia popular e direitos sociais.