Atenção, motofretista! Detran-SP cria programa para regularizar documentos 

O Governo de São Paulo, em parceria com o Detran-SP, lançou na última segunda-feira (21) o programa “Motofretista Seguro”. O objetivo é capacitar os entregadores e tornar mais fácil a regularização de documentos da categoria. 

Atenção, motofretista! Detran-SP cria programa para regularizar documentos 
Atenção, motofretista! Detran-SP cria programa para regularizar documentos (Imagem: reprodução Google)

De acordo com o governo paulista, na primeira fase do programa são mais de 5 milhões de reais de investimento. 

Com o programa, os motofretista vão ter mais facilidade na compra de equipamentos de segurança e itens necessários para a proteção. 

Uma pesquisa realizada pela Rede Lucy Montoro, aponta que 57% das vítimas de trânsito com sequelas em São Paulo são motociclistas. Ainda segundo a pesquisa, os acidentes com motos são quatro vezes maior do que os de carro no estado. 

Em entrevista coletiva à imprensa, o governador de São Paulo, João Doria, afirmou que “o objetivo desse programa é melhorar a formação, as condições de trabalho e a redução do número de acidentes e óbitos, e oferecer o microcrédito para esses trabalhadores que operam com motocicletas”.

“E também temos a certeza que as empresas que operam, as empresas de aplicativo, saberão respeitar adequadamente, não apenas a legislação, mas o trabalho e a vida dos seus profissionais”, acrescentou o governador.

Medidas previstas pelo programa

Pelo programa “Motofretista Seguro”, os entregadores vão ter acesso a cursos gratuitos de reciclagem profissional.

As formações serão financiadas com o dinheiro das multas aplicadas pelo Detran-SP. Além disso, também está previsto a regularização de documentos para os profissionais.

A categoria ainda vai ter auxílio, por meio do programa, na obtenção de linhas especiais de crédito para troca de veículo ou compra de novos equipamentos.

Os motociclistas com a CNH em dia vão poder ter acesso ao crédito no Banco do Povo. Para a aquisição de motos, o valor é de R$ 8,1 mil. Já para equipamentos, o valor é de R$ 3 mil. O financiamento com empresas parceiras contará com condições especiais. 

Pré-requisitos

É necessário cumprir alguns requisitos para participar do programa, como idade mínima de 21 anos, ter CNH e exercer atividade remunerada. 

Os profissionais que necessitam regularizar a CNH, precisam se inscrever em um portal feito para o programa. Em seguida, é necessário realizar o curso de formação desenvolvido pelo Detran. 

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

REDAÇÃO
Cobertura e repercussão de assuntos que impactam o bolso de todos os brasileiros. A redação do FDR.com.br traz diariamente assuntos relevantes de uma forma descomplicada e confiável.
×

Este cartão de crédito sem anuidade está selecionando pessoas para receber possível limite agora!

VER AGORA