InfoJobs divulga pesquisa com volta gradual das vagas de emprego

Mercado de trabalho parece voltar a reagir pós crise da pandemia. Na última semana, o Infojobs, considerado uma das maiores plataformas de emprego do país, divulgou um balanço onde mostra que as contratações voltaram a subir durante os últimos meses.   

InfoJobs divulga pesquisa com volta gradual das vagas de emprego (Imagem: Google)
InfoJobs divulga pesquisa com volta gradual das vagas de emprego (Imagem: Google)

De acordo com os números, o Brasil teve uma queda de 35,9% no total de vagas, porém passou a retomar o ritmo apresentando expectativas positivas para 2021.

Com a chegada do novo coronavírus, muitas empresas fecharam suas portas ou reduziram consideravelmente o número de funcionários para conseguir manter seus negócios.

Desse modo, o desemprego passou a crescer, tendo em vista que o número de vagas anunciadas caiu em mais de 13 mil oportunidades. 

De acordo com o InfoJobs, apenas no mês de junho o país voltou a apresentar indícios de crescimento. Em comparação com maio, houve uma abertura de cerca de 36% novas oportunidades, registrando cerca de 18.292 novas chances de contratação.  

Já em julho, o número subiu para 24 mil oportunidades e em agosto foram registradas novas 29.497 vagas. Desse modo, pode-se perceber um crescimento de quase 36%, pois somando o total de empregos ofertados registrou-se 307,4 mil contratações.  

Porém, em comparação com o ano passado, o número ainda é inferior. Somente entre abriu e maio houve uma queda de 64% e 66,9% nas vagas. Em junho e julho, a redução foi de 40% e 28,4%.  

Somente no mês de março, o número de vagas caiu para 28.865, 17% menor que o mesmo período de 2019. De acordo com o InfoJobs a grande maioria das novas contratações foram relacionadas a área de saúde.  

Ao todo, a plataforma contém uma média de 400 mil novos candidatos por mês, registrando cerca de 20 milhões de visitas mensais e mais de 37 milhões de candidatos registrados. Já no quantitativo de empresas, atualmente há aproximadamente 18 mil parceiras 

Para os próximos meses, espera-se que os números se mantenham em evolução tendo em vista que o período mais crítico da pandemia já foi ultrapassado.

Porém, com o adiamento da MP que permite a suspensão de contratos até dezembro, o crescimento de empregos no país será atrasado.  

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Eduarda Andrade
Maria Eduarda Andrade é mestranda em ciências da linguagem na Universidade Católica de Pernambuco, formada em Jornalismo pela mesma instituição. Enquanto pesquisadora, atua na área de políticas públicas, economia criativa e linguística, com foco na Análise Crítica do Discurso. No mercado de trabalho, passou por veículo impresso, sendo repórter do Diario de Pernambuco, além de assessorar marcas nacionais como Devassa, Heineken, Algar Telecom e o Grupo Pão de Açúcar. Atualmente, dedica-se à redação do portal FDR.
×

Este cartão de crédito sem anuidade está selecionando pessoas para receber possível limite agora!

VER AGORA