Sesc-DF cria programa de prevenção à saúde nas comunidades carentes

No Distrito Federal, comunidade carente contará com atendimento médico ao longo dos próximos dias. Uma iniciativa da Sesc permitirá que milhares de pessoas em situação de vulnerabilidade social realizem exames e vistorias de saúde gratuitamente. A ação passará a ocorrer a partir do dia 3 de outubro em várias regiões da cidade. 

Sesc-DF cria programa de prevenção à saúde nas comunidades carentes (Imagem: Google)
Sesc-DF cria programa de prevenção à saúde nas comunidades carentes (Imagem: Google)

Com uma realidade de pandemia e desigualdade social amplificada, o Sesc DF estará realizando o projeto social Vila Sesc + Saúde neste fim de semana. A iniciativa permitirá que moradores das periferias de Sol Nascente, Itapoã, entre outras, tenham acesso a avaliações médicas.  

Em Sol Nascente, o serviço será feito das 9h às 15h nos dias 3 e 4 de outubro. Para participar, basta comparecer aos pontos de atendimento e aguardar nas filas. Entre os exames realizados, estão aqueles que cunho preventivo e também a testagem da covid-19.  

Além disso, serão feitas também consultas médicas nas mais variadas áreas com a participação de profissionais parceiros do projeto. Já nos dias 17 e 18 deste mês, a mesma ação será feita em Itapoã e nos dias 24 e 25 em Riacho Fundo.  

De acordo com a diretora de Programas Sociais do Sesc-DF, Nina Fontes, a iniciativa foi motivada mediante a acentuada desigualdade social que se destaque no DF. Ela explica que estas pessoas, encontram-se em uma situação de vulnerabilidade social ainda maior durante esse período de pandemia.  

“Pensando nisso e levando em conta a missão social do Sesc, principalmente em tempos de pandemia da Covid-19, o Vila Sesc Mais Saúde vai até essa população menos favorecida, oferecer serviços de forma gratuita, de modo que crianças, jovens e adultos, sejam contemplados com assistência qualificada e humanizada”, ressalta Nina. 

Mais de 15 mil pessoas atendidas 

A expectativa do projeto é que sejam feitos mais de 2,5 mil atendimentos por dia. Desse modo, até o fim do mês espera-se que 15 mil pessoas sejam avaliadas, sendo realizadas 420 consultas 900 mulheres atendidas com o exame preventivo. 

Para os testes de covid, haverão 20 pontos de coletas espalhados pelas regiões. Serão montados também consultórios médicos para a realização de exames de ginecologia e os moradores ainda terão direito a receber lanches e kits com máscara protetora e preservativo. 

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Eduarda Andrade
Maria Eduarda Andrade é mestranda em ciências da linguagem na Universidade Católica de Pernambuco, formada em Jornalismo pela mesma instituição. Enquanto pesquisadora, atua na área de políticas públicas, economia criativa e linguística, com foco na Análise Crítica do Discurso. No mercado de trabalho, passou por veículo impresso, sendo repórter do Diario de Pernambuco, além de assessorar marcas nacionais como Devassa, Heineken, Algar Telecom e o Grupo Pão de Açúcar. Atualmente, dedica-se à redação do portal FDR.
×

Este cartão de crédito sem anuidade está selecionando pessoas para receber possível limite agora!

VER AGORA