Vendas de imóveis residenciais sobe 46,3% na capital de São Paulo no mês de agosto

Segundo uma pesquisa do mercado imobiliário, realizada pelo departamento de Economia e Estatística do Secovi-SP, em agosto foram vendidos 6.350 imóveis residenciais na cidade de São Paulo, ante 4.341 comercializados em julho, totalizando um crescimento de 46,3%.

Vendas de imóveis residenciais sobe 46,3% na capital de São Paulo no mês de agosto
Vendas de imóveis residenciais sobe 46,3% na capital de São Paulo no mês de agosto (Imagem: Reprodução/Google)
publicidade

Comparado com o mês de agosto do ano passado, o volume de vendas saltou 35%.

Entre setembro de 2019 e agosto de 2020 foram registradas 48.885 vendas de imóveis, ante 41.732 negociações entre o período de setembro de 2018 e agosto de 2019. Um crescimento de 17,1% entre os acumulados de 12 meses.

Este é o quarto mês seguido de altas no setor imobiliário, que teve uma retomada observada desde maio.

Segundo o economista-chefe do Secovi-SP, Celso Petrucci, a venda de 6.350 imóveis residenciais é a maior registrada no ano de 2020 e também para o mês de agosto, desde 2004, quando se iniciou a série histórica de pesquisa.

Foram lançadas mais de 8.000 unidades residências na cidade de São Paulo, um aumento de 207,5% em relação ao mês de julho (2.614 unidades lançadas) e 26,4% comparado à agosto do ano passado (6.358 unidades), segundo a Empresa Brasileira de Estudos de Patrimônios (Embrasp).

A quantidade de imóveis disponíveis para venda em agosto foi de 30.918, um aumento de 5,0% em relação ao mês anterior (29.435 unidades) e 17,6% superior à quantidade do mesmo período de 2019 (26.293 unidades).

Dentre as ofertas estão imóveis na planta, em construção e prontos, lançados nos últimos 36 meses (setembro de 2017 a agosto deste ano). Imóveis de 02 dormitórios, com menos de 45m² e preços até R$ 240 mil, foram os destaques de vendas neste mês de agosto.

O Valor Global de Vendas (VGV), somado todas as unidades dos empreendimentos, resultou em R$ 2,49 bilhões, resultado 10,9% superior ao registrado no mês de julho (R$ 2,25 bilhões) e 22,5% acima do mesmo período em 2019 (R$ 2,03 bilhões).

Já o indicador de Vendas Sobre Ofertas (VSO), que apura a porcentagem de vendas em relação ao total de unidades à venda, atingiu 17,0% em agosto, superando os 12,9% registrados no mês anterior.

AvatarGuilherme Moreira
Guilherme Moreira é formado em Criação e Produção Audiovisual pelo CBM (Centro Universitário Barão de Mauá). Atuou como roteirista, produtor e editor do SBT interior e na redação de blogs e sites informativos. Atualmente, trabalha como social media e redator do portal FDR. |  Instagram @guimemoreira