Universidades devem NEGAR retorno das aulas presenciais em São Paulo

Apenas 1 em cada 10 Universidades de São Paulo deve retornar as aulas presenciais em outubro. O Sindicato das Entidades Mantenedoras de Estabelecimentos de Ensino Superior – SEMESP, afirma que essas atividades não deveriam retornar agora.

Universidades devem NEGAR retorno das aulas presenciais em São Paulo. Imagem/Reprodução Google
Universidades devem NEGAR retorno das aulas presenciais em São Paulo (Imagem: Reprodução/Google)

A prefeitura de São Paulo autorizou na última semana o retorno das aulas presenciais nas instituições de ensino superior. Mas, o SEMESP acredita que nesse momento apenas aquelas atividades impossíveis de serem realizadas online devem ser retomadas.

Orientações do SEMESP

O Sindicato orienta que as instituições de ensino superior retomem, nesse momento, apenas aquelas atividades que o ensino remoto não contempla, ou seja, as aulas práticas e de laboratório.

“ A maioria das instituições só deverá retomar as aulas práticas, sobretudo nas áreas de saúde e engenharias”, disse o SEMESP.

Muitos alunos sentiram negativamente os reflexos das aulas remotas, pois eles não têm a disponibilidade de bibliotecas ou laboratórios de forma virtual. Precisam de fato estar na instituição para terem acesso a esses recursos.

SEMESP e o ano letivo

O SEMESP defende que a melhor decisão a ser tomada seria esperar mais um pouco e, no fim do ano, reunir para decidir o calendário letivo de 2021.

Melhor seria planejarmos esse final de ano, deixarmos esse final de ano pronto para que o ano de 2021 as aulas reiniciem corretamente, dentro dos seus planejamentos e dentro dos seus conteúdos programáticos”, disse o presidente do SEMESP.

Posição das Universidades

A Universidade Federal de São Paulo (Unifesp) já anunciou que continuará com o trabalho remoto durante o restante desse ano.

“ os dados da pandemia não realizar um retorno seguro. Para seguir as regras seria necessário triplicar o número de salas de aula adquirir equipamentos e mudar sistemas inteiros de ventilação”, disse Soraya Smaili, reitora da Unifesp.

A Universidade de São Paulo (USP) afirmou que suas aulas continuarão remotas, mas que os laboratórios e algumas outras dependências da instituição estarão abertas para uso dos alunos.

Instituições como a Faculdade Armando Alvares (FAAP), Pontifica Universidade Católica (PUC-SP), Mackenzie, Anhembi Morumbi e outras, estão ainda analisando se retornam suas atividades nesse momento ou adiam essa ação.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Jamille Novaes
Jamille Pereira Novaes é graduada em Letras Vernáculas pela Universidade Estadual do Sudoeste da Bahia (UESB), pós-graduada em Gestão da Educação pelo Centro Universitário Maurício de Nassau (UNINASSAU). Como professora de Língua Portuguesa, já atuou no ensino fundamental I e II. Atualmente, trabalha como professora de Língua Portuguesa no ensino técnico e redatora da editoria de carreiras do portal FDR.
×

Este cartão de crédito sem anuidade está selecionando pessoas para receber possível limite agora!

VER AGORA