Caixa Econômica paga auxílio emergencial para 5,6 milhões NESTA sexta-feira

A Caixa Econômica Federal está pagando nesta sexta-feira (18) a 6ª parcela do auxílio emergencial para os beneficiários do Bolsa Família com NIS com final 2. Essa é a primeira parcela das quatro anunciadas com o valor reduzido para R$300. Além desses, também recebem os nascidos no mês de julho. 

Caixa Econômica paga auxílio emergencial para 5,6 milhões NESTA sexta-feira
Caixa Econômica paga auxílio emergencial para 5,6 milhões NESTA sexta-feira (Imagem: Reprodução/Google)
publicidade

Segundo a Caixa, 5,6 milhões de trabalhadores receberão hoje, sendo 1,6 milhão do Bolsa Família e 4 milhões de pessoas que fazem parte do Cadastro Único.

O pagamento dos beneficiários do Bolsa Família segue o calendário de pagamento normal, de acordo com o final do NIS (Número de Identificação Social):

Final do NISPagamento
117/09
218/09
321/09
422/09
523/09
624/09
725/09
828/09
929/09
030/09

 

Além disso, hoje também recebem da 1ª a 5ª parcela do auxílio emergencial os nascidos em julho. Porém, esse valor é depositado em conta e o saque ou transferência só poderá ser realizado no dia 08 de outubro.

No sábado (19), a Caixa libera o saque ou transferência para os nascidos em janeiro. Veja abaixo o calendário completo:

Mês de aniversárioDepósitoSaque
Janeiro28/0819/09
Fevereiro02/0922/09
Março04/0929/09
Abril09/0901/10
Maio11/0903/10
Junho16/0906/10
Julho18/0908/10
Agosto23/0913/10
Setembro25/0915/10
Outubro28/0920/10
Novembro28/0922/10
Dezembro30/0927/10

Auxílio emergencial

O auxílio emergencial está sendo pago desde abril com valor de R$600, porém as novas quatro parcelas tiveram o valor reduzido para R$300. O objetivo do governo é ajudar a população mais carente do Brasil a enfrentar a pandemia de Covid-19.

A ajuda financeira é destinada aos trabalhadores informais, desempregados, microempreendedores individuais (MEI), autônomos e beneficiários do Bolsa Família. Para ter direito é necessário comprovar ter mais de 18 anos ou ser mãe adolescente.

Além disso, não pode ter nenhum emprego formal, não ser beneficiário do INSS e ter uma renda familiar mensal de até três salários mínimos para receber o benefício. As mães que comprovem serem chefes de família monoparental recebem o dobro do valor.

Quem vai receber as novas parcelas do auxílio emergencial

As novas parcelas só serão pagas até dezembro, portanto, nem todos receberão as quatro. Veja abaixo as possibilidades:

  • Quem recebeu a primeira parcela de R$600 em abril: receberá quatro parcelas de R$300, começando em setembro;
  • Quem recebeu a primeira parcela de R$600 em maio: receberá três parcelas de R$300, começando em outubro;
  • Quem recebeu a primeira parcela de R$600 em junho: receberá duas parcelas de R$300, começando em novembro;
  • Quem recebeu a primeira parcela de R$600 em julho: receberá uma parcela de R$ 300, começando em dezembro.

Glaucia AlvesGlaucia Alves
Gláucia Alves, formada em Letras-Inglês pela Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE). Foi professora por 7 anos. Esse ano começou a trabalhar como redatora e como corretora de redação. Atualmente, trabalha na equipe do portal FDR e realiza consultoria de redação on-line.