Atenção estudantes, novos prazos importantes estão em vigor na definição de seu calendário acadêmico. Nessa semana, o Ministério da Educação informou que está aberta as inscrições para o processo seletivo de bolsas remanescentes do Prouni. Ao todo, estão sendo ofertadas cerca de 90 mil bolsas e suas solicitações deverão ser feitas pela internet. Saiba mais.  

publicidade
Prouni 2020.2: Alunos contemplados pelo programa já podem atualizar as bolsas de estudos (Imagem: Google)
Prouni 2020.2: Candidatos já podem fazer inscrição para bolsas de estudos (Imagem: Google)
publicidade

O processo seletivo de bolsas remanescentes do Prouni diz respeito as vagas que não foram preenchidas no primeiro semestre.

Após a conclusão de todas as candidaturas previstas, o Ministério da Educação faz um balanço geral do número de desistentes ou desclassificados e assim dá início a uma segunda seleção.  

Processo de inscrição 

Os interessados, deverão se conectar ao site do Prouni e preencher o formulário digital nele presente. Basta informar os dados de identificação pessoal, ficar atento as regras de aceitação do projeto, informar o curso e universidade que deseja ingressar e confirmar a solicitação.  

As inscrições começaram nessa segunda-feira (14)e seguirão até o dia 30 deste mês. É válido ressaltar que, aqueles que tentaram uma vaga no primeiro semestre e não foram aprovados, ainda podem se candidatar para uma segunda oportunidade desde que cumpra as exigências de aceitação do projeto.  

Entre as determinações do MEC, é preciso: 

  • Ter feito o ensino médio em escola da rede pública.   
  • Ter feito o ensino médio em escola da rede privada com bolsa de estudos integral da própria escola.  
  • Ser pessoa com deficiência.  
  • Ser professor efetivo da rede pública de educação básica.  

Outro informe importante é que, nesta edição, o calendário de inscrição será único. Ou seja, para novos, antigos e candidatos que já tinham pré matrícula, as solicitações deverão ser feitas no mesmo período, sem previsão de adiamento.  

Sobre o Prouni 

Trata-se de um programa desenvolvido ainda no governo Lula com a finalidade de facilitar o acesso ao ensino superior.

Por meio dele, os estudantes de baixa renda ganham a oportunidade de se matricular em universidades particulares podendo obter descontos de 50% e até mesmo 100% a depender da renda familiar bruta mensal registrada.  

Para pessoas com salários de até R$ 1,5 mínimo, a bolsa pode ser de 100%. Já para quem recebe cerca de três salários mínimos, o valor do desconto chega a ser de 50%. 

Maria Eduarda Andrade é mestranda em ciências da linguagem na Universidade Católica de Pernambuco e formada em Jornalismo pela mesma instituição. Enquanto pesquisadora, atua na área de políticas públicas, economia criativa e linguagens. No mercado de trabalho, já passou por veículo impresso, sendo repórter do Diario de Pernambuco, além de ter assessorado marcas nacionais como a Devassa, Heineken, Algar Telecom e o Grupo Pão de Açúcar. Atualmente, dedica-se à redação do portal FDR.