Vestibular UNESP 2021: Universidade garante 50% das vagas para estudantes da rede pública

A Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (Unesp), garantiu que os alunos do ensino médio da rede pública vão ter direito a 50% das vagas do vestibular do próximo ano. 

publicidade
 Vestibular UNESP 2021: Universidade garante 50% das vagas para estudantes da rede pública
Vestibular UNESP 2021: Universidade garante 50% das vagas para estudantes da rede pública (Foto: FDR)
publicidade

Serão mais de 100 cursos de graduação para os alunos concorrerem a uma vaga. As inscrições para o vestibular vão se iniciar no dia 1º de outubro, e seguirão até o dia 27 de novembro.

Por conta da pandemia causada pelo novo coronavírus, na 1ª fase as provas serão aplicadas em 30 e 31 de janeiro e a 2ª fase deve acontecer em 28 de fevereiro de 2021.

Essas novas datas não coincidem com os vestibulares da USP e Unicamp que também realizaram mudanças em seus calendários por conta do novo coronavírus.

Apesar da mudança, a 1ª fase do vestibular vai continuar com o mesmo formato, com 90 questões de múltipla escolha. 

Uma outra mudança para o próximo ano é para a segunda fase da prova, que será realizado em apenas um dia.

De acordo com o superintendente acadêmico da Vunesp, o professor Renato Eugênio da Silva Diniz. “A primeira fase em dois dias é uma medida extraordinária exclusivamente em razão da pandemia de Covid-19. Não é que o Vestibular da Unesp será sempre assim”, disse.

A expectativa é que o resultado seja divulgado no dia 19 de março de 2021. A pró-reitora de graduação, Gladis Massini-Cagliari, disse que “As provas foram reorganizadas para manter iguais condições de acesso e oportunidade para todos. As questões do nosso vestibular vão exigir somente aquilo que você teve oportunidade de aprender no ensino básico”, explicou.

As inscrições para os pedidos de isenção e redução de taxa de inscrição do Vestibular já estão abertas, desde o dia 8 de setembro e seguirão sendo feitas até o dia 27 de setembro.

Para poder se inscrever e solicitar essa redução de 50% da taxa de inscrição precisam cumprir todos os seguintes requisitos:

  • Ser um estudante regularmente matriculado no Ensino Médio ou em curso pré-vestibular;
  • Ter uma renda mensal de até 2 salários mínimos ou ser desempregado a mais de 12 meses.

Já para a isenção da taxa de inscrição, o candidato precisa cumprir pelo menos um dos requisitos abaixo:

  • Ser considerado membro de família de baixa renda e registrado no Cadastro Único para Programas Sociais (CadÚnico);
  • Feito o Ensino Médio em escola da rede pública ou com bolsa integral em uma escola particular, além de morar no estado de São Paulo e ter renda mensal até um salário mínimo e meio.

Jheniffer FreitasJheniffer Freitas
Jheniffer Aparecida Corrêa Freitas é formada em Jornalismo pela Universidade de Mogi das Cruzes. Atuou como assessora de imprensa da Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo e da Secretarial Estadual da Saúde de São Paulo. Atualmente, é redatora do portal FDR, produzindo pautas sobre economia popular e finanças.