AiQFome: Veja como funcionará o delivery de comida após compra do Magazine Luiza

A rede de lojas da Magazine Luiza comprou o AiQFome e agora está oferecendo encomendas de refeições. São 350 cidades atendidas pelo aplicativo que tem sede em Maringá, no Paraná. Ao todo, são 2 milhões de clientes e 17 mil restaurantes cadastrados.

publicidade
AiQFome: Veja como funcionará o delivery de comida após compra do Magazine Luiza
AiQFome: Veja como funcionará o delivery de comida após compra do Magazine Luiza (Imagem: Reprodução/Google)
publicidade

O anúncio da compra da startup de delivery de comida do Paraná foi realizada na última quinta-feira (3). Dessa maneira, a Magazine Luiza ampliou a oferta de serviços com o AiQFome, que tem uma movimentação de 700 milhões de reais por ano.

O valor da compra não foi divulgado e, segundo Roberto Bellissimo, que é o diretor financeiro e de relações com investidores do Magazine Luiza, o valor não é relevante, já que o que importa é que a loja agora pode oferecer ainda mais serviços aos seus clientes.

O AiQFome é destaque em oferecer serviços de Delivery nas cidades com poucos habitantes , ou seja, de 15 mil a 300 mil habitantes. Outro diferencial das demais concorrentes, como iFood, Rappi e Uber Eats, é que é um app que só intermeia a encomenda e o pagamento, pois a entrega fica como responsabilidade dos restaurantes.

No aplicativo do AiQFome o cliente pode ver o cardápio dos restaurantes cadastrados e efetuar a compra. Os restaurantes recebem o pedido e fazem a entrega. Além disso, você pode fazer o agendamento de horário para a entrega.

Para cadastrar o restaurante no aplicativo só era preciso acessar o site da startup e preencher um formulário no final da página com informações do estabelecimento e do dono. Agora com a venda da empresa ainda não foi informado se haverá alguma mudança.

O AiQFome será incluso no superapp da Magalu que já conta com os e-commerces de Netshoes, Zattini e Época Cosméticos. Será mais uma novidade ao aplicativo que nos últimos anos passou a incluir carteira digital e diversos e-commerces.

De acordo com Roberto Bellissimo, a Magalu fará em breve testes com a nova aquisição, ofertando serviços de entregas. Além disso, a ideia é investir e ampliar o atendimento para atender cidades maiores.

“Além de ampliar a oferta de serviços do nosso marketplace, o objetivo com a compra é de que o AiQFome aumente a recorrência de uso do nosso superapp”, afirmou Bellissimo.

Glaucia AlvesGlaucia Alves
Gláucia Alves, formada em Letras-Inglês pela Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE). Foi professora por 7 anos. Esse ano começou a trabalhar como redatora e como corretora de redação. Atualmente, trabalha na equipe do portal FDR e realiza consultoria de redação on-line.