Florianópolis não autoriza retorno do transporte coletivo após liberação estadual

Após o governo do estado de Santa Catarina autorizar o retorno do transporte coletivo, a capital do estado, Florianópolis, decidiu não seguir a orientação mantendo a suspensão do transporte coletivo intermunicipal.

Florianópolis não autoriza retorno do transporte coletivo após liberação estadual
Florianópolis não autoriza retorno do transporte coletivo após liberação estadual (Imagem: Reprodução/Google)

Segundo a prefeitura, no decreto municipal, essa decisão valerá até 04 de setembro. A intenção é conseguir um controle maior do novo coronavírus na cidade, mesmo com a orientação do governo de liberar o serviço para todo o território catarinense.

Atualmente, Florianópolis tem 5.252 pacientes diagnosticados com Covid-19 e 106 mortes causadas pelo novo vírus.

O decreto municipal que proibido a volta do transporte público e que, também, restringe a entrada de veículos do transporte rodoviário público ou privado, veículos de turismo e fretamento na cidade, foi publicado no dia 21 de agosto.

São 14 dias de interrupção programada pelo decreto municipal, porém após esse prazo a liberação dessas medidas será avaliada pela prefeitura junto à equipe de saúde, observando o cenário epidemiológico da doença.

Transporte coletivo liberado em Santa Catarina

Secretaria da Infraestrutura e Mobilidade de Santa Catarina divulgou na última segunda-feira (24), no Diário Oficial do Estado, a portaria que autorizou a flexibilização do transporte coletivo intermunicipal nas cidades do estado, porém com restrições.

Mesmo com essa medida válida para todo o território catarinense, os municípios tem autorização para aderir ou não. Portanto, o prefeito de Florianópolis, Gean Loureiro, está agindo conforme a lei permite, acreditando estar fazendo o melhor para a cidade.

O estado de Santa Catarina já contabilizou 133.533 casos de Covid-19. Desse número, já foram confirmadas 2.066 mortes, de acordo com o boletim publicado pelo governo estadual na última segunda-feira (24).

Santa Catarina possui 295 cidades, divididos em 16 regiões. Atualmente nove das 16 regiões do estado estão em situação gravíssima para o coronavírus e as outras sete em quadro grave,  de acordo com o mapa de risco de SC.

Florianópolis está entre as cidades com mais casos e óbitos, ficando atrás de Joinville, Blumenau e Balneário Camboriú.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Glaucia Alves
Gláucia Alves é formada em Letras-Inglês pela Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE). Atuou na área acadêmica durante 8 anos. Em 2020 começou a trabalhar como corretora de redação. Atualmente, trabalha na equipe do portal FDR, produzindo conteúdo sobre economia e direitos da população brasileira, onde já acumula anos de pesquisa e experiência. Além de realizar consultoria de redação on-line.