Governo de Santa Catarina divulga plano de retomada da economia

Nesta segunda-feira (1), o governo de Santa Catarina anunciou como será o plano de gestão regionalizada no enfrentamento ao coronavírus no estado. Todas as decisões sobre restrição estão sendo tomadas em conjunto com os municípios catarinenses.

Governo de Santa Catarina divulga plano de retomada da economia
Governo de Santa Catarina divulga plano de retomada da economia (Imagem: Reprodução/Google)

Para que possa ser retomada a economia, devem ser considerados os números de óbitos, de casos confirmados da doença e as taxas de ocupação em leitos de unidade de terapia intensiva e de transmissão e propagação do vírus.

O governador, Carlos Moisés (PSL), disse que a autoridade sanitária será compartilhada entre estado e municípios. 

“Começamos uma nova fase. Isso não significa que vamos colocar a responsabilidade na mão de um ou outro prefeito. A autoridade sanitária será compartilhada entre Estado e municípios. Os municípios vão deliberar sobre as atividades públicas e privadas na esfera da sua área territorial”, disse.

De acordo com o governo estadual, o decreto que regulamenta essas ações terá vigência a partir da próxima segunda-feira (8). 

Nessa data será realizada a retomada do transporte coletivo urbano municipal e intermunicipal de passageiros, porém isso vai depender do número de casos de coronavírus. 

No estado de Santa Catarina há 9.037 pacientes com teste positivo para Covid-19, entre eles 143 mortes. 

São 216 municípios no estado, neles existe pelo menos um caso de infecção pelo novo coronavírus.

O município com mais casos é Chapecó, com 906, segundo o último balanço que foi anunciado no domingo (31).

No dia 28 de maio, foi anunciada a regionalização dos planos de retomada, sendo assim, ainda nessa semana algumas cidades começaram a se preparar para retomar o transporte coletivo.

O governo prorrogou a quarentena, mas flexibilizou diversas atividades, como comércio e hotéis que voltaram a funcionar em abril.

De acordo com o governador, como a doença evoluiu de forma distinta em cada região do estado, há necessidade das estratégias regionalizadas para que consiga planejar de acordo com a situação de cada município.

O plano de gestão compartilhada foi anunciado em coletiva de imprensa do governador junto com o secretário da Saúde, André Motta Ribeiro, e o procurador-geral do Estado, Alisson de Souza. O presidente da Federação Catarinense de Municípios (Fecam), Saulo Sperotto, também participou de forma remota.

Além disso, os dados foram disponibilizando e as ferramentas aos municípios para auxiliar no monitoramentos das atividades e do avanço da doença.

Serão definidas por cores as condições sanitárias relacionados ao coronavírus em 16 regiões de saúde em Santa Catarina, sendo o vermelho para a região mais grave.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Jheniffer Freitas
Jheniffer Aparecida Corrêa Freitas é formada em Jornalismo pela Universidade de Mogi das Cruzes. Atuou como assessora de imprensa da Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo e da Secretarial Estadual da Saúde de São Paulo. Há dois anos é redatora do portal FDR, onde acumula bastante experiência em produção de notícias sobre economia popular e finanças.