publicidade

Segundo o Ministério da Economia, foram fechadas 1,19 milhão de vagas de emprego com carteira assinada somente no primeiro semestre deste ano. Estes números integram o Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados).

Coronavírus: 1,19 milhões de vagas de emprego são fechadas na pandemia
Coronavírus: 1,19 milhões de vagas de emprego são fechadas na pandemia (Imagem Google)
publicidade

O saldo representa a diferença entre as contratações e as demissões. No primeiro semestre deste ano, foram contabilizados 7,9 milhões de dispensas e 6,7 de novas contratações.

Considerando este período do ano passado, o saldo tinha sido positivo. Foram contabilizadas 408 mil vagas, representando o melhor resultado deste 2014.

Apenas no mês passado, cerca de 10,9 mil vagas de emprego com carteira assinada foram fechadas. No mês de maio, este número foi de 350 mil.

Assim como a economia num todo foi atingida pela pandemia do coronavírus, o mercado de trabalho também sofreu fortemente.

O risco de transmissão em locais fechados ou com muitas pessoas e também as medidas de isolamento social orientadas pelas autoridades de saúde, reduziram a circulação de pessoas e as vendas de bens e serviços.

O secretário especial de Previdência e Trabalho do Ministério da Economia, Bruno Bianco acredita que os números registrados em junho mostram a retomada da economia no Brasil.

“Eu posso trazer indícios claros que nós já iniciamos a retomada, que no mercado de trabalho ela é muito forte, e podemos surpreender o mundo, como o nosso ministro [Paulo Guedes] tem dito”, disse Bruno.

Ele ainda ressaltou que a quantidade de demissões vem diminuindo de forma expressiva desde o mês de abril. Segundo ele, em abril foram 900 mil vagas a menos, já em maio 350 mil e em junho menos de 10 mil.

Vagas de emprego por regiões

Confira como está o saldo de empregos no primeiro semestre em cada região:

  • Centro-Oeste: – 27,3 mil
  • Norte: – 27 mil
  • Sul: – 195,1 mil
  • Nordeste: – 258,8 mil
  • Sudeste: – 690,7 mil

Confira o saldo de emprego com carteira em junho por cada região:

  • Centro-Oeste: + 10 mil
  • Norte: + 6,5 mil
  • Sul: + 1,6 mil
  • Nordeste: – 1,3 mil
  • Sudeste: – 28,5 mil

Estados

Entre todos os estados, São Paulo registrou o pior saldo do semestre com 364.470 vagas fechadas. O Rio de Janeiro ficou com a segunda colocação com saldo de 184.928 vagas.

Entre os melhores resultados ficaram o Mato Grosso e o Acre com 3.565 e 1.270 vagas respectivamente.

Paulo Henrique Oliveira, formado em Jornalismo pela Universidade Mogi das Cruzes e em Rádio e TV pela Universidade Bandeirante de São Paulo, atua como do redator do portal FDR produzindo matérias sobre economia em geral e também como repórter do site Aparato do Entretenimento cobrindo o mundo da TV e das artes.