Governo de PE anuncia crédito financeiro para comércios de praia

Comércios de praia contarão com suporte público para enfrentar a crise do novo coronavírus. Na última quinta-feira (20), o governo de Pernambuco informou que estará auxiliando os vendedores ambulantes que tiveram suas atividades prejudicadas durante a pandemia. 

Governo de PE anuncia crédito financeiro para comércios de praia (Imagem: José Cruz/Agência Brasil)
Governo de PE anuncia crédito financeiro para comércios de praia (Imagem: José Cruz/Agência Brasil)

Com a doença ainda em circulação, foi publicado um decreto que proíbe o consumo de alimentos e bebidas nas praias. Entretanto, será criado um financiamento para que os profissionais possam se manter. 

Apesar de estar contendo o número de infectados pelo novo coronavírus, o estado de Pernambuco permanece aplicando medidas rígidas de distanciamento e isolamento social.

Entre elas, ficou determinado que os comerciantes de praia não poderiam vender seus produtos nas orlas, uma vez em que está proibido o consumo de alimentos e bebidas em espaços públicos.  

A retomada das atividades presenciais só poderá ser feita quando a macrorregião I – Região Metropolitana do Recife e Zona da Mata – avançar para a etapa 8 do Plano de Convivência.

Dessa forma, após uma série de críticas e questionamentos sobre como os ambulantes iriam se manter, a gestão pública informou que estará liberando uma linha de crédito. 

CONTINUA APÓS A PUBLICIDADE
OPORTUNIDADE
imagem do cartão
Você foi selecionado para ter um cartão de crédito, sem anuidade hoje mesmo.
Faça sua aplicação!
277 pessoas solicitando no momento...

De acordo com os secretários Bruno Schwambach (Desenvolvimento Econômico) e Alberes Lopes (Trabalho), a decisão visa manter a segurança não só dos frequentadores das praias, como também dos próprios ambulantes.

“Essas atividades deverão respeitar as normativas estabelecidas e regulamentadas por cada município para a retomada”, explicou Bruno. 

Sobre a nova linha de crédito para os comércios de praia  

A linha de crédito terá um valor de até R$ 3 mil por trabalhador. Suas normas serão iguais as do programa Crédito Popular, contando com uma taxa de juros de 1,49% ao mês e até 90 dias de carência.

O tempo total de sua operação poderá ser de até 15 meses, o recebimento é imediato e o pagamento inicial começa a ser feito após três meses.  

“Estamos fornecendo, a partir de agora, crédito para os comerciantes da faixa de areia, iniciando com os da praia de Boa Viagem, na Zona Sul do Recife. Foi uma recomendação do governador para que pudéssemos ajudar o público que precisa desse aporte. Antecipamos a volta desse comércio para a Etapa 8, ainda sem data definida, mas  é importante que todos respeitem o decreto estadual e que as prefeituras possam fiscalizar”, afirmou o secretário Alberes Lopes.

As dúvidas sobre o crédito podem ser tiradas através do Disque AGE, no 0800-081-8081, de segunda a sexta-feira, além do site www.age.pe.gov.br. 

Eduarda Andrade
Maria Eduarda Andrade é mestranda em ciências da linguagem na Universidade Católica de Pernambuco, formada em Jornalismo pela mesma instituição. Enquanto pesquisadora, atua na área de políticas públicas, economia criativa e linguística, com foco na Análise Crítica do Discurso. No mercado de trabalho, passou por veículo impresso, sendo repórter do Diario de Pernambuco, além de assessorar marcas nacionais como Devassa, Heineken, Algar Telecom e o Grupo Pão de Açúcar. Atualmente, dedica-se à redação do portal FDR.