Petrobras anuncia reajuste de preço nos seus principais produtos

A Petrobras está reajustando o preço de seus produtos, só o diesel já sofreu a sexta alta consecutiva em 2020. A próxima mudança no valor do combustível irá elevar o produto a 2%. Além do diesel, quem também irá sofrer alteração no preço será a gasolina que terá uma elevação no valor de 4%. A mudança foi anunciada ontem (12) e valerá a partir de hoje (13), começando pelas refinarias.

Petrobras reajusta preço dos seus principais produtos
Petrobras reajusta preço dos seus principais produtos (Imagem: Reprodução/Google)

O Diesel é o tipo de combustível mais consumido no Brasil e recebe a 6ª mudança de alta em seu valor, desde maio. Dessa maneira, segundo a Petrobras, o valor do litro do diesel nas refinarias será de R$ 1,7336, maior valor desde março.

A gasolina sofrerá uma alta de 4% depois de ter seu valor reduzido em julho. A redução no valor do combustível, que aconteceu no final do último mês, também foi de 4%, depois de sofrer nove altas consecutivas. Com isso, o valor da gasolina deve chegar a R$ 1.7213 por litro.

Mesmo com esse aumento, tanto a gasolina como o diesel demostram queda em seu valor no acumulado anual, sendo 26% para o diesel e 10% para a gasolina.

De acordo com a Petrobras esse aumento está de acordo com a importação que leva em conta as cotações do petróleo no mercado internacional, assim como o valor do dólar, entre outros fatores.

Atualmente, o barril de petróleo está sendo vendido por 45 dólares, bem diferente do que era realizado em abril, no início do isolamento social no Brasil, que era de 16 dólares. Já o dólar registra o valor de 5,45 reais, sendo assim, apresentando uma alta de 5% no mês.

O consumo de combustível no mundo inteiro foi afetado devido à pandemia de coronavírus e o isolamento social, porém a Petrobras e as distribuidoras de combustíveis acreditam que esse cenário pode começar a melhorar, já que o país começou, em muitos lugares, a flexibilização das medidas preventivas contra o Covid-19.

A expectativa é que agora no segundo semestre de 2020 seja possível recuperar a queda do consumo nos últimos cinco meses, voltando aos níveis antes da crise econômica causada pelo coronavírus em todo o país.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Glaucia Alves
Gláucia Alves é formada em Letras-Inglês pela Universidade Federal Rural de Pernambuco (UFRPE). Atuou na área acadêmica durante 8 anos. Em 2020 começou a trabalhar como corretora de redação. Atualmente, trabalha na equipe do portal FDR, produzindo conteúdo sobre economia e direitos da população brasileira, onde já acumula anos de pesquisa e experiência. Além de realizar consultoria de redação on-line.