PONTOS CHAVES

  • Segunda-feira começa com novos pagamentos do FGTS
  • Aniversariantes do mês de junho terão acesso ao valor pelo Caixa Tem
  • Saques podem ser realizados por grupo específico 

Semana começa com nova rodada de pagamentos para os trabalhadores. A partir desta segunda-feira (03), a Caixa Econômica Federal estará enviando os depósitos de até R$ 1.045 referentes ao saque emergencial do FGTS. Nesse momento, os contemplados são os cidadãos nascidos no mês de junho, que terão acesso a quantia por meio da conta digital no Caixa Tem. 

publicidade
FGTS emergencial libera novo depósito na conta poupança hoje (3); veja quem recebe (Imagem: Reprodução - Google)
FGTS emergencial libera novo depósito na conta poupança hoje (3); veja quem recebe (Imagem: Reprodução – Google)
publicidade

Ainda nessa semana, a partir do dia 08, o benefício poderá ser retirado em espécie para os aniversariantes de fevereiro. 

O saque emergencial do FGTS foi uma liberação aprovada pelo governo federal com a finalidade de minimizar os impactos econômicos do novo coronavírus.

A MP permite que as pessoas que estão cadastradas no fundo de garantia possam fazer retiradas com o valor total de até um salário mínimo, ou seja, R$1.045.

Entretanto, para isso é preciso ter esse um saldo positivo. O valor é o teto a ser recebido, logo quem possuí, por exemplo, total de R$550 no seu fundo de garantia vai zerar o mesmo. E o trabalhador com saldo de R$1.900 vai receber apenas os R$1.045.   

Caixa Econômica explicou que, para contabilizar a quantia a ser paga pelo saque emergencial do FGTS, está levando em consideração todo o acumulado das contas ativas (trabalhos atuais) e das inativas (trabalhos anteriores).

Desse modo, o segurado que não tiver uma quantia suficiente em apenas uma delas, pode fazer a somatória para assim obter o pagamento.  

Ainda de acordo com a Caixa, ao todo, espera-se contemplar mais de 60 milhões de trabalhadores, gerando uma despesa e injeção de aproximadamente R$ 37,8 bilhões para a economia nacional.  

Datas e formas de pagamento  

É importante ficar ciente de que a liberação do FGTS emergencial está ocorrendo de duas formas para o mesmo cidadão. Primeiro, o valor é enviado para a sua poupança digital e deve ser administrado pelo Caixa Tem. 

Trata-se de um aplicativo da Caixa que permite a realização de pagamentos e compras por meio de um cartão de débito online.  

Na sequência, após a conclusão dos envios digitais, a instituição solicita a presença dos segurados para fazer o saque na modalidade física. Nesse mesmo período, quem desejar, também pode solicitar uma transferência bancária desde que a conta receptora seja de titularidade do cadastrado.  

Calendário de pagamento – Saque Emergencial FGTS 

Mês de nascimento  Crédito na conta poupança social digital  Saque em espécie 
janeiro  29 de junho  25 de julho 
fevereiro  06 de julho  08 de agosto 
março  13 de julho  22 de agosto 
abril  20 de julho  05 de setembro 
maio  27 de julho  19 de setembro 
junho  03 de agosto  03 de outubro 
julho  10 de agosto  17 de outubro 
agosto  24 de agosto  17 de outubro 
setembro  31 de agosto  31 de outubro 
outubro  08 de setembro  31 de outubro 
novembro  14 de setembro  14 de novembro 
dezembro  21 de setembro  14 de novembro 

 

Consulta de valores 

Para quem estiver em dúvida quanto ao valor que terá direito, é possível consulta-lo por meio dos centros de atendimento da Caixa. A primeira opção é acessar o site fgts.caixa.gov.br e informar o número do CPF para verificar quanto tem retido no fundo.

Outra possibilidade é ligar para o telefone 111 e também repassar a documentação para que os servidores lhe digam a situação de sua conta. Por fim, há o aplicativo FGTS, onde você se cadastra e tem acesso aos dados.  

É importante lembrar que, quem tiver com as informações desatualizadas no aplicativo do FGTS poderá ter o pagamento suspenso temporariamente.

A Caixa solicita que os cidadãos entrem na plataforma para verificar os seguintes dados: data de nascimento, nome completo, número do CPF, nome dos pais e e-mail.  

Não quer sacar? 

Para o cidadão que não quiser utilizar os R$ 1.045 do FGTS é possível manter a quantia em conta. Nesse caso, ele tem até 10 dias para informar a Caixa sobre o desejo, fazendo com que a instituição não mexa em seu fundo.

Além disso, as contas digitais que receberam os valores, mas não foram movimentadas até o dia 30 de novembro deste ano, terão uma devolução para o FGTS.

Maria Eduarda Andrade é mestranda em ciências da linguagem na Universidade Católica de Pernambuco e formada em Jornalismo pela mesma instituição. Enquanto pesquisadora, atua na área de políticas públicas, economia criativa e linguagens. No mercado de trabalho, já passou por veículo impresso, sendo repórter do Diario de Pernambuco, além de ter assessorado marcas nacionais como a Devassa, Heineken, Algar Telecom e o Grupo Pão de Açúcar. Atualmente, dedica-se à redação do portal FDR.