publicidade

As  empresas têm sido prejudicadas de forma drástica por conta da pandemia e do distanciamento social imposto por ela.O grande medo é que pequenas empresas cheguem à beira da falência. Com isso, o faturamento desses empreendimentos menores tem sofrido grandes baixas.

Pequenas empresas chegam à beira da falência com crise na pandemia; há solução?
Pequenas empresas chegam à beira da falência com crise na pandemia; há solução? (Foto: Google)
publicidade

Um estudo sugere que cerca de 53% dessas empresas consigam sobreviver no máximo por seis meses se continuarmos nessas condições atuais. Outros 25% afirmam conseguir manter os negócios por um ano, e outros 22% ficam entre seis meses e um ano.

O estudo foi feito com empresas de pequeno porte e a pesquisa foi realizada ainda no mês de maio, entre os dia 19 e 21.

Vale ressaltar que o tamanho das empresas influencia na perspectiva que cada entrevistado tem de seu próprio negócio, pois quanto maior ele é, mais chances de se manter de pé em meio à crise.

Mas a grande questão é saber se existe uma solução que ajude essas empresas a diminuir os problemas financeiros. Afinal de contas, muitas mudanças tem ocorrido nesses tempos de isolamento social.

Uma das primeiras soluções a ser buscada é a adaptação aos novos tempos, e isso é importante para evitar que pequenas empresas cheguem à beira da falência.

Tem ocorrido bastante com restaurantes, buscando no delivery uma forma de manter, pelo menos, uma parte de suas vendas.

Como evitar que as pequenas empresas cheguem à beira da falência.

Modelos de vendas

Muitas empresas têm buscado alternativas para se manter em alta no mercado e para isso é importante mudar o modelo de venda.

O mesmo estudo afirma que mais de 70% das empresas tem oferecido os mesmos produtos de forma online. Isso tem ocorrido com pequenos negócios de diversos setores, seja do vestuário, alimentício, produtos de limpeza, entre outros.

Empresas maiores têm apostado em softwares de gestão para facilitar o novo modelo de negócios, mas em caso de pequenas empresas, os aplicativos de mensagens têm ajudado.

Essas opções ajudam as empresas a manter o seu quadro de funcionários, assim como auxiliar em sua produtividade.

Outro ponto importante é que se trata de uma maneira de continuar oferecendo serviços à clientes já antigos e isso ajuda a fidelizar essas pessoas.

Home Office

O home office também tem sido de grande ajuda na hora de manter o trabalho a todo vapor. Algumas atividades permitem esse tipo de trabalho e que tem sido essencial nesse ‘novo normal’.

Vale lembrar que essa modalidade de trabalho pode acabar se transformando em algo mais comum em nosso país. Muitos empresários tem pensado a respeito e tem percebido que é uma opção que traz muita economia.

 

Bartira Araújo é formada em Jornalismo pela pela Universidade Santa Cecília. Já trabalhou como analista de comunicação em uma agência de tecnologia e marketing e atualmente é redatora do portal FDR.