Governo de São Paulo deve antecipar reabertura de cinemas e teatros

Deve ser anunciado hoje (3) pelo governo de SP (São Paulo), a autorização para reabertura antecipada dos teatros, cinemas e salas de espetáculos nos municípios que estejam na fase amarela do Plano São Paulo. O plano foi criado pelo governador João Dória (PSDB), e estabelece fases para reabertura gradual da atividade econômica no estado.

Governo de SP deve antecipar reabertura de cinemas e teatros; entenda!
Governo de SP deve antecipar reabertura de cinemas e teatros; entenda! (Foto: Google)

A princípio, a liberação para a volta dos espaços culturais, só constava na última fase do Plano São Paulo, a azul. Para isto acontecer, os representantes do setor devem apresentar na semana que vem todos os protocolos de higiene que pretendem adotar para garantir a segurança dos frequentadores.

A ideia do governo que foi repassada para algumas entidades do setor teatral é que neste primeiro momento, as atividades nos teatros das cidades que se encontram na fase amarela, recebam no máximo 40% da capacidade total.

Os espetáculos precisam ter duração de no máximo 2 horas, uso obrigatório de máscaras pela plateia, álcool gel para todos, entre outras medidas.

Outras medidas devem ser anunciadas. O governo quer que nas cidades que estão na fase amarela, os teatros e salas de concerto governamentais, que são de responsabilidade do estado, como por exemplo, a Sala São Paulo, possam reabrir em até 30 dias, contanto que não aconteça um retrocesso na classificação das cidades.

Em todo o país são cerca de 300 mil empreendimentos culturais e 40% deste total está no estado de São Paulo, de acordo com entidades do setor. Desde o início da pandemia, a cultura foi o setor mais atingido pela pandemia do coronavírus.

De acordo com a última divulgação do Plano São Paulo na sexta passada, 26, somente a capital paulista e outras cidades da região metropolitana se encontram na fase amarela, que permite a reabertura de bares, restaurantes e salões de beleza.

Em entrevista concedida ontem à GloboNews, o prefeito Bruno Covas (PSDB), disse que capital vai aguardar o anúncio para que na sequência a Vigilância Sanitária seja consultada.

“Se o governador anunciar isso amanhã, a gente começa a conversar com a Vigilância Sanitária do município para ver se vamos antecipar para a fase 3 [amarela] ou ainda vamos continuar aguardando a fase 4 [verde]. Se a Vigilância der o ‘ok’, aí sim vamos conversar com o setor em relação ao protocolo. Mas se a Vigilância Sanitária do município entender que já estamos reabrindo muita coisa e é melhor esperar a próxima fase, vamos seguir essa orientação”, afirmou o prefeito.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Paulo Amorim
Paulo Henrique Oliveira é formado em Jornalismo pela Universidade Mogi das Cruzes e em Rádio e TV pela Universidade Bandeirante de São Paulo. Atua como redator do portal FDR, onde já cumula vasta experiência e pesquisas, produzindo matérias sobre economia, finanças e investimentos.