Rio de Janeiro inicia fase 3 do plano de flexibilização com volta dos bares

Com a pandemia do novo coronavírus, ações foram estabelecidas em diversos estados e cidades para conter a propagação do vírus. Depois de uma etapa rígida de quarentena, processo de flexibilização no Rio de Janeiro já entra em nova fase.

publicidade
Rio de Janeiro inicia fase 3 do plano de flexibilização com volta dos bares (Reprodução/Agência Brasil)
Rio de Janeiro inicia fase 3 do plano de flexibilização com volta dos bares (Reprodução/Agência Brasil)

A Prefeitura do Rio de Janeiro, capital carioca, realizou previamente a abertura de estabelecimentos comerciais como salões de beleza, barbearias e comércio de rua no último sábado (27).

A decisão fez parte do processo de antecipação da abertura. Uma novidade é que nesta quarta-feira (1º), a gestão municipal autorizou a liberação de outros setores que começaram a operação a partir de hoje (2).

publicidade

Segundo o decreto, os bares, restaurantes e lanchonetes, estão autorizados a voltar a funcionar, mas com restrições. Os estabelecimentos deverão respeitar o limite máximo de 50% de capacidade em espaços internos e com 2 metros de distância entre as mesas.

Além destes citados, outros comércios que operam no mesmo seguimento como quiosques, padarias, lojas de conveniência, também estão autorizados a funcionar com o com consumo local dos clientes.

Este era um dos pontos presentes para a fase três de retomada das atividades econômicas. Segundo a prefeitura, o adiantamento é de “extrema importância”, uma vez que nesta fase volta à ativa setores considerados econômicos pontuais.

Ainda no pacote de recomendações a estes estabelecimentos, o público deverá sempre, como preferência, realizar o consumo espaços abertos. Com isso, ocupação de calçadas e estacionamentos está autorizada.

Este último ponto é autorizado das 19h às 1h, apenas nas sextas-feiras, sábados e vésperas de feriado. Quando há os domingos e feriados, os estabelecimentos podem utilizar os espaços no período entre meio-dia e 22h. No Rio de Janeiro a multa, em casos de irregularidades, pode variar de R$ 133,73 a R$ 4.457,97.

Com a implementação destas medidas, a segunda etapa da fase três está prevista para o próximo dia 10. No mesmo dia, acesso às praias, competições esportivas, obedecendo 1/3 da capacidade do público, e clubes esportivos serão liberadas.

publicidade

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Clique aqui e aperte o botão "Seguir" para você ser o primeiro a receber as últimas informações sobre este assunto no seu celular!

REDAÇÃO
Cobertura e repercussão de assuntos que impactam o bolso de todos os brasileiros. A redação do FDR.com.br traz diariamente assuntos relevantes de uma forma descomplicada e confiável.