Empresas aéreas internacionais já têm data para retomar voos no Brasil

Em razão da pandemia do novo coronavírus, diversas medidas foram implementadas para tentar barrar a contaminação. Com uma destas, o distanciamento social impactou de forma ativa diversos mercados, inclusive o de aviação. Em números, a pandemia pontuou de forma significativa a redução em 90% do número de voos no país. É importante lembrar que as empresas internacionais foram completamente suspensas.

Empresas aéreas internacionais já têm data para retomar voos no Brasil (Montagem/FDR)
Empresas aéreas internacionais já têm data para retomar voos no Brasil (Montagem/FDR)

Depois de tantos meses sem a regularidade, as companhias aéreas de diversas regiões planejam de forma positiva o retorno de suas operações no Brasil. A partir de julho, algumas empresas que apenas diminuíram suas operações no país, com isto, já com a flexibilização já planejam o aumento das frequências de voos.

Ainda assim há diferentes expectativas, mas todas com muitas incertezas. Entre elas, a questão da necessidade da visualização da abertura das fronteiras, especialmente na Europa. Porém, este ponto poderá demorar ainda mais para ser implementado.

Uma vez que os números de contágio no país ainda estão em crescimento. Com a retomada, a maior concentração dos voos está concentrada em São Paulo, mas cidades como Rio de Janeiro, Fortaleza (CE) e Recife (PE).

Previsão de voos com empresas aéreas internacionais

  • Aeromexico – Retorna em 11 de julho os voos entre São Paulo e a Cidade do México. A partir de agosto, os voos passam a ser diários.
  • Air Europa – Julho para São Paulo e Madri. Em Salvador, setembro. Fortaleza (CE) e Recife (PE), previsto para novembro.
  • Air France – Julho retoma oito voos para Paris e o Brasil
  • Alitalia – Agosto com voos diários de São Paulo e Rio de Janeiro para Roma.
  • Amaszonas Línea Aérea – São Paulo e Santa Cruz de la Sierra (Bolívia) em julho.
  • American Airlines – Agosto, com as operações entre Miami e Rio de Janeiro e São Paulo. São Paulo para Dallas e Los Angeles em outubro.
  • Boliviana de Aviación – São Paulo e Santa Cruz de la Sierra  em junho
  • Cabo Verde Airlines – Outubro, com um voo semanal, aos domingos, para Recife.
  • Copa Airlines – Agosto apenas no São Paulo e Rio de Janeiro.
  • Delta – São Paulo e Atlanta devem em agosto
  • Edelweiss – Rio-Zurique (Suíça) apenas em outubro.
  • Emirates – Sem previsão para o retorno dos voos ao Brasil.
  • Ethiopian –  São Paulo e Addis Abeba são feitas cinco vezes na semana, mantido para julho e agosto.
  • lyBondi – Por determinação do governo argentino, todos os voos estão suspensos no país até 1º setembro. Somente após a liberação é que a empresa poderá voltar a voar.
  • Iberia – Não há previsão para o retorno dos voos ao Brasil.
  • KLM – Brasil e a Europa são seis voos para São Paulo e quatro para o Rio de Janeiro, frequência que deve ser mantida em julho.
  • Lufthansa – Julho com voos passam a ser diários entre São Paulo e Frankfurt
  • Norwegian –  Suspensos até o ano que vem.
  • Qatar – Cinco voos por semana entre Guarulhos e Doha.
  • Royal Air Maroc – Retorno em 12 de julho, ligando São Paulo a Casablanca (Marrocos).
  • Swiss – São Paulo e Zurique em 3 de julho.
  • TAP – Dois voos semanais para São Paulo, Rio, Recife e Fortaleza.
  • Turkish – São Paulo e Istambul (Turquia) para setembro. Em outubro, deve retomar as operações diárias.
  • United – São Paulo e Houston já mantendo. Em agosto, voltam os voos entre Rio e Houston e entre São Paulo e Nova York.

Você gostou deste conteúdo? AVALIE:

Avaliação média: 0
Total de Votos: 0

Empresas aéreas internacionais já têm data para retomar voos no Brasil

REDAÇÃO
Cobertura e repercussão de assuntos que impactam o bolso de todos os brasileiros. A redação do FDR.com.br traz diariamente assuntos relevantes de uma forma descomplicada e confiável.
×

Este cartão de crédito sem anuidade está selecionando pessoas para receber possível limite agora!

VER AGORA