publicidade

O Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos (Encceja), que oferece certificação para ensino fundamental e médio, continua sem cronograma definido para este ano. Em maio, o presidente do Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep), Alexandre Lopes, confirmou a realização das provas, mas descartou aplicação em agosto.

Encceja 2020 está mantido? Confira previsão do Ministério da Educação
Encceja 2020 está mantido? Confira previsão do Ministério da Educação. (Imagem: Google)
publicidade

Segundo Lopes, será preciso observar a situação do coronavírus no país nos próximos meses e analisar questões sanitárias.

Geralmente, as inscrições são abertas em maio e as provas são realizadas em agosto ou setembro. Na época, o presidente do Inep também afirmou que o cronograma do Encceja seria divulgado em breve, mas o site continua sem informações.

As provas são aplicadas todos os anos para oferecer certificação a jovens e adultos que não concluíram os estudos na idade correta.

A participação é voluntária e gratuita. Para obter certificado de conclusão do ensino fundamental, os candidatos precisam ter, no mínimo, 15 anos. Já para a conclusão do ensino médio a idade mínima exigida é 18 anos. O exame é composto por questões objetivas e uma redação.

Como são as provas do Encceja?

Para o ensino fundamental, a prova é composta por uma redação e questões de: Língua Portuguesa e Língua Estrangeira Moderna; Artes e Educação Física; Matemática; História e Geografia; Ciências Naturais.

Para o ensino médio, além da redação, há questões sobre: Linguagens, Códigos e suas Tecnologias; Ciências Humanas e suas Tecnologias; Ciências da Natureza e suas Tecnologias; Matemática e suas Tecnologias.

Os conteúdos cobrados no exame são disponibilizados no site do Inep como material didático pedagógico de apoio.

Como se inscrever no exame?

A inscrição do Encceja é realizada no portal do participante no Inep. O candidato precisa acessar o site oficial do Encceja e ir até a página de inscrição. Depois, é necessário informar CPF, data de nascimento e dados pessoais.

O participante também deve informar o tipo de certificação que almeja, a cidade onde deseja realizar a prova e qual instituição deverá emitir o certificado. Em seguida, responder ao questionário socioeconômico e informar dados de contato.

Aqueles que já tenham feito o exame em outros anos e não obtiveram média para aprovação, podem realizar a inscrição novamente. Para acompanhar as novidades sobre o Encceja, fique atento ao site do Ministério da Educação (MEC).

COMENTÁRIOS

Mônica Chagas Ferreira é mestranda em Letras pela Universidade Estadual de Maringá (UEM) e formada em Jornalismo pela Universidade Estadual de Londrina (UEL). Como pesquisadora, estuda Análise do Discurso na perspectiva foucaultiana, contemplando relações de saber, poder e política presentes na mídia. Enquanto jornalista, já atuou em rádios e veículos impressos. Atualmente, trabalha como assessora de comunicação e redatora do portal FDR, na editoria de educação e carreiras.