Natal adia reabertura do comércio que começaria hoje (17), após avanço do Covid-19

Natal (RN) enfrenta momento crítico em relação a pandemia e refaz o plano de reabertura do comercio. Nessa semana, a prefeitura municipal informou que está suspenso o plano de retomada das atividades econômicas, previsto para ter início nesta quarta-feira (17). A decisão foi motivada pelo crescimento no número de óbitos por causa do novo coronavírus, tendo em vista que não há mais leitos de UTI’s disponíveis na região. 

Natal adia reabertura que começaria hoje (17) após avanço do Covid-19 (Imagem: Reprodução - Google)
Natal adia reabertura que começaria hoje (17) após avanço do Covid-19 (Imagem: Reprodução – Google)

De acordo com o decreto publicado na última semana, o varejo seria reaberto hoje (17). No entanto, a cidade não tem mais espaço para ocupar os doentes, e com isso, a quantidade de vítimas fatais vêm crescendo gradativamente.  

Mediante a situação, coube a prefeitura reestruturar um novo plano. A ideia é que ao longo desta semana, a taxa de isolamento social seja reforçada para que apenas no dia 24 o comércio seja reaberto. Entre as medidas adotadas para conter o número de infecções, a secretaria de saúde passou a testar as pessoas consideradas grupos de risco.  

Os exames estão sendo feitos no esquema drive thru, mas ainda assim viraram motivos de reclamações para a população. Muitos afirmam que o tempo de espera, de mais de horas, dificulta a realização da checagem e por isso preferem permanecer em suas casas.  

“Para os idosos, passar mais de três horas, quatro, dentro de um carro, é meio complicado“, reclamou uma motorista. 

Sobre a falta de UTI, Carlos Eduardo Xavier, secretário de Tributação do estado, afirmou que a gestão está procurando soluções, mas que é preciso contar com a ajuda dos moradores. Ele reforça que nesse momento, respeitar o isolamento social é o melhor remédio para minimizar a quantidade de casos, mas deixa claro que há planos para a expansão dos leitos. 

“A gente precisa fazer esse dever de casa de expansão de leitos, para que, no dia 24, finalmente, a gente comece a retomada da economia”, afirma Carlos Eduardo Xavier, secretário de Tributação do estado. 

Vítimas fatais em Natal

Sem UTI disponível há mais de uma semana, a região permanece aumentando os índices de óbitos. Seu José Ribamar, ficou internado em uma UPA por mais de duas semanas, chegando a ficar em cadeiras de roda por falta de acomodações e acabou não resistindo.  

“Acabei perdendo meu pai por negligência do estado e do município”, acusou a filha. 

O mesmo aconteceu com o seu João, que faleceu também devido à falta de assistência. “Não deu tempo de salvar meu pai. Eu só queria uma UTI. Eu só queria salvar meu pai. Só isso. Não foi possível”, lamentou a filha dele, Janaína Fidélis. 

Você gostou deste conteúdo? AVALIE:

Avaliação média: 0
Total de Votos: 0

Natal adia reabertura do comércio que começaria hoje (17), após avanço do Covid-19

Eduarda Andrade
Maria Eduarda Andrade é mestranda em ciências da linguagem na Universidade Católica de Pernambuco, formada em Jornalismo pela mesma instituição. Enquanto pesquisadora, atua na área de políticas públicas, economia criativa e linguística, com foco na Análise Crítica do Discurso. No mercado de trabalho, passou por veículo impresso, sendo repórter do Diario de Pernambuco, além de assessorar marcas nacionais como Devassa, Heineken, Algar Telecom e o Grupo Pão de Açúcar. Atualmente, dedica-se à redação do portal FDR.
×

Este cartão de crédito sem anuidade está selecionando pessoas para receber possível limite agora!

VER AGORA