publicidade

O calendário do novo saque do FGTS (Fundo de Garantia do Tempo de Serviço) está sendo organizado pela Caixa Econômica, e o primeiro pagamento acontece no dia 15 de junho. A liberação dos valores do FGTS foi autorizado através da Medida Provisória 946 publicada em abril, que consiste no saque de até R$1.045 da conta ativa ou inativa, para todos os trabalhadores com recursos no fundo.

Como vai funcionar o novo saque do FGTS de R$1.045?
Como vai funcionar o novo saque do FGTS de R$1.045? (Imagem: FDR)
publicidade

O governo estima que serão liberados cerca de R$36 bilhões aos trabalhadores. Esta é mais uma medida tomada para atenuar os problemas econômicos trazidos pela pandemia do coronavírus.

O saques serão feitos entre 15 de junho até 31 de dezembro deste ano e a medida provisória autoriza que a Caixa seja responsável pela elaboração do calendário de pagamentos, regras e como os saques serão feitos. Nos próximos dias, a Caixa garantiu que divulgará o calendário de saques.

Caso o trabalhador possua mais de uma conta vinculada, primeiro será retirado o dinheiro das contas relativas a contratos de trabalho extintos, começando pelas de menor saldo.

Depois o dinheiro pode ser sacado de outras contas ativas, começando também com as de menor saldo. Porém de qualquer forma, o valor não pode ser superior a R$1.045.

Consta no texto da MP que é autorizado o crédito automático em conta poupança aberta na Caixa e que esteja no nome do trabalhador.

O beneficiário também pode solicitar o crédito em conta bancária de qualquer outro banco, desde que também esteja no nome do trabalhador e não pode haver cobrança de tarifa para fazer essa transferência.

Se o trabalhador não fizer o novo saque do FGTS, o dinheiro retorna para as contas vinculadas ao fundo de garantia.

Como consultar se possuí saldo para o novo saque do FGTS

Aplicativo FGTS

  • Na loja de aplicativos do seu celular, pesquise FGTS. Aperte em “Instalar” e abra o aplicativo.
  • Escolha a opção “Cadastre-se”.
  • Insira todos os dados pedidos: CPF, nome completo, data de nascimento, e-mail e cadastre uma senha de acesso.
  • A senha precisa ser numérica, e conter seis dígitos. Quem já utilizava o aplicativo pode repetir o mesmo número de senha que usava antes.
  • Após inserir seus dados, clique no botão “Não sou um robô”.
  • Você receberá um e-mail de confirmação no endereço de e-mail informado por você. Acesse-o e clique no link que foi enviado.
  • Após o cadastramento, abra o aplicativo e coloque o “CPF” e “senha” cadastrada.
  • Após o login, você verá algumas perguntas complementares sobre sua vida funcional.
  • Após responder a essas perguntas, você deve ler e aceitar as condições de uso do aplicativo, clicando em “Concordar”.

Site da Caixa 

Acesse o site da Caixa Econômica: www.fgts.caixa.gov.br. Crie seu cadastro como no aplicativo, e consulte seu saldo. Também será possível aderir a novas modalidades de recebimento.

COMENTÁRIOS

Paulo Henrique Oliveira, formado em Jornalismo pela Universidade Mogi das Cruzes e em Rádio e TV pela Universidade Bandeirante de São Paulo, atua como do redator do portal FDR produzindo matérias sobre economia em geral e também como repórter do site Aparato do Entretenimento cobrindo o mundo da TV e das artes.

VEJA TAMBÉM