publicidade

Diversos serviços estão com as portas fechadas por conta da pandemia causada pelo coronavírus. Sendo assim, o Serviço Nacional de Emprego (SINE) do município Maricá, localizado na Rua Carlos Rangel, estão com as portas fechadas. Por conta disso, para auxiliar os trabalhadores a conseguirem finalizar o seu pedido do seguro desemprego, o Sine, disponibilizou um número de telefone celular para pode orientar os seus usuários e receber os documentos necessários para que eles possam conseguir solicitar o benefício. 

Seguro desemprego: Maricá cria novo canal de orientações ao trabalhador
Seguro desemprego: Maricá cria novo canal de orientações ao trabalhador (Imagem FDR)
publicidade

A medida foi tomada, pois algumas pessoas possuem dificuldades para fazer o pedido por meio do aplicativo Carteira de Trabalho Digital, ou no site gov.br.

O número para a tirar todas as dúvidas é o (21) 966753560. Pode ser utilizado o Whatsapp, no horário das 8h as 17h, período em que os funcionários prestarão atendimento.

A solicitação também pode ser realizada por meio da Carteira de Trabalho Digital em todo o país. Para isso, é preciso baixar o aplicativo por meio da loja de aplicativos do seu telefone. 

O solicitante deve preencher as informações contidas no requerimento do seguro-desemprego como termo de rescisão do contrato, comprovante de saque do Fundo de Garantia por Tempo de Serviço (FGTS), CNPJ da empresa, data de admissão e demissão do trabalhador, assim como os seus dados pessoais.

Após a solicitação do benefício, o trabalhador tem o prazo de até 30 dias para receber a primeira parcela do seguro-desemprego.

O seguro é pago pela Caixa Econômica Federal, sendo um direito assegurado pela Constituição Federal de 1988. O objetivo dele é de fornecer o suporte financeiro aos trabalhadores formais, isto é, com registro em carteira, que foram demitidos sem justa causa. 

Aqueles que fizeram a solicitação do serviço pela primeira vez, têm que comprovar por meio de carteira de trabalho, ter recebido salários relativos a pelo menos 12 meses nos últimos 18 meses imediatamente anteriores à data de dispensa. 

Já para aqueles que solicitam o seguro-desemprego pela segunda vez, é necessário comprovar ter trabalhado na empresa por, no mínimo, nove meses. Quem passou por esse processo três ou mais vezes, basta comprovar que esteve empregado pelo período de seis meses.

COMENTÁRIOS

Jheniffer Aparecida Corrêa Freitas é formada em Jornalismo pela Universidade de Mogi das Cruzes. Atuou como assessora de imprensa da Secretaria de Segurança Pública do Estado de São Paulo e da Secretarial Estadual da Saúde de São Paulo. Atualmente, é redatora do portal FDR, produzindo pautas sobre economia popular e finanças.

VEJA TAMBÉM