Veja Também | FDR.TV


 

Processo de retirada de habilitação na Bahia passa por reajustes. Com a necessidade do isolamento social, ocasionada pelo novo coronavírus, as agências do Detran-BA estão fechadas. Em Salvador, os alunos que estavam no meio do processo para emitir a primeira via da sua habilitação, tiveram as aulas canceladas. No entanto, para poder otimizar o serviço, o departamento estadual de trânsito criou uma nova metodologia.  

Detran-BA cria novas regras para emitir 1ª via da CNH no estado (Imagem: Reprodução - Google)
Detran-BA cria novas regras para emitir 1ª via da CNH no estado (Imagem: Reprodução – Google)
publicidade

Nas próximas semanas, quem estiver matriculado para tirar a CNH poderá assistir as aulas através de um sistema remoto. As atividades que aconteciam nos Centros de Formação de Condutores (CFCs) credenciados ao órgão serão realizadas através das plataformas digitais do Detran.  

De acordo com o órgão, a medida irá durar até quando acabar a pandemia, mas possibilitará que a população escolha se deseja ou não ter o atendimento online.

Para aqueles que ainda assim preferirem as aulas presenciais, haverá um novo calendário quando as unidades físicas forem reabertas.  

Como solicitar a aula online no Detran-BA

Os alunos que tiverem interessados na migração do conteúdo, devem ir até a autoescola e agendar a coleta dos dados biométricos. Esse serviço seguirá acontecendo presencialmente, mas por meio de horários específicos para cada cidadão e sob uma série de medidas de higienização e proteção.  

Quem for detectado com a temperatura do corpo mais elevada, por exemplo, deverá retornar em outro dia. Além disso, os servidores e matriculados deverão obedecer ao distanciamento social de dois metros e utilizar mascarás.  

Depois de validar a biometria, basta acessar as plataformas eletrônicas da autoescola e assistir as aulas. Todo o conteúdo estará de acordo com as exigências do Contran e atenderá as necessidades do exame final para a avaliação do motorista em trânsito. 

Ao final das aulas, os CFC’s deverão enviar um relatório de atividades ao Detran, dentro de um prazo de até 72h, apresentando os seguintes dados:  

  • Identificação do Centro de Formação de Condutores; 
  • Data e horários de início e término da aula remota, com o registro biométrico facial do instrutor e do aluno; 
  • Conteúdo da aula agendada; 
  • Quantidade de alunos, com a presença de cada um registrado virtualmente. 
COMENTÁRIOS

Maria Eduarda Andrade, mestranda em ciências da linguagem na Universidade Católica de Pernambuco, formada em Jornalismo pela mesma instituição. Enquanto pesquisadora, atua na área de políticas públicas, economia criativa e linguagens. No mercado de trabalho, já passou por veículo impresso, sendo repórter do Diario de Pernambuco, além de ter assessorado marcas nacionais como a Devassa, Heineken, Algar Telecom e o Grupo Pão de Açúcar. Atualmente, dedica-se à redação do portal FDR.