Pequenas empresas relatam dificuldade em conseguir empréstimo na crise

Crise gerada pelo novo coronavírus aumenta a solicitações de empréstimo por parte dos microempresários. Iniciada desde o mês de março, a pandemia do covid-19 vem aterrorizando diversos setores do mercado. Com a necessidade do isolamento social, o poder de compra e venda foi bruscamente reduzido, serviços deixaram de ser utilizados e para enfrentar tal situação as pequenas empresas não vêm outra alternativa se não contratar linhas de crédito. No entanto, mesmo com os projetos federais, muitos alegam terem os pedidos negados. 

Pequenas empresas relatam dificuldade em conseguir empréstimo na crise (Imagem: Reprodução - Google)
Pequenas empresas relatam dificuldade em conseguir empréstimo na crise (Imagem: Reprodução – Google)

Na última semana, o Portal G1 reproduziu um especial contando a realidade de diversos empreendedores.

No texto, os entrevistados relatam que estão sendo obrigados a fecharem as portas de suas empresas, pois não conseguem ter acesso aos benefícios divulgados pelas instituições financeiras e pelo governo federal.  

Danny Braz, dono da indústria de sistema de irrigação Regatec, está entre os prejudicados. Ele explica que, a maior dificuldade é encontrar linhas de créditos que ofereçam taxas de juros acessíveis.

Mesmo com as propagandas de reduções, compartilhadas pelos bancos, o empreendedor afirma que não conseguiu encontrar financiamentos justos e quando encontra, não consegue ter acesso ao mesmo.  

Entre as opções disponíveis, Danny está tentando fechar negócios com a Desenvolve SP, uma das empresas que fornecem esse serviço. Porém, ele afirma que mesmo enviando uma solicitação, não obtém resposta da marca. 

“Já liguei lá, mas eles não atendem e a orientação é para fazer a consulta no site. Já mandei e-mail, mas eles não respondem. Faz 15 dias que eu aguardo por uma resposta e nada. Acho que eles não devem estar dando conta de atender todos os pedidos”, diz Braz.  

A mesma dificuldade é vivenciada por Humberto Gonçalves, dono de uma pequena fábrica de parafusos. Na reportagem, ele relata que há semanas está tentando solicitar um empréstimo de R$ 150 e não consegue finalizar a contratação.  

Humberto já tentou negociar com três instituições bancárias e não teve sucesso em nenhuma delas.  

“As linhas [para pequenas empresas] existem, só que os bancos não querem colocar nada de risco deles. Os bancos estão travando. Para pegar financiamento em algumas dessas linhas você tem que ter uma garantia muito boa. Mas se eu tivesse garantia, não precisaria recorrer a banco”, explicou o empreendedor.  

Você gostou deste conteúdo? AVALIE:

Avaliação média: 0
Total de Votos: 0

Pequenas empresas relatam dificuldade em conseguir empréstimo na crise

×
Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Eduarda Andrade
Maria Eduarda Andrade é mestranda em ciências da linguagem na Universidade Católica de Pernambuco, formada em Jornalismo pela mesma instituição. Enquanto pesquisadora, atua na área de políticas públicas, economia criativa e linguística, com foco na Análise Crítica do Discurso. No mercado de trabalho, passou por veículo impresso, sendo repórter do Diario de Pernambuco, além de assessorar marcas nacionais como Devassa, Heineken, Algar Telecom e o Grupo Pão de Açúcar. Atualmente, dedica-se à redação do portal FDR.
×

Este cartão de crédito sem anuidade está selecionando pessoas para receber possível limite agora!

VER AGORA