Saiba como usar suas milhas aéreas durante a pandemia

A chegada do Coronavírus atingiu todos os setores, mas podemos dizer que o aéreo foi um dos mais atingidos. Muitos usuários que têm acumulado milhas ou já emitiram bilhetes com o uso delas, estão se perguntando o que fazer agora.

Saiba como usar suas milhas aéreas durante a pandemia
Saiba como usar suas milhas aéreas durante a pandemia (Reprodução: Google)

Existem muitas dúvidas a respeito da validade das milhas, reembolso do valor investido ou até mesmo remarcação das viagens. Uma grande parte dos voos foram cancelados desde o dia 11 de março, data em que a Organização Mundial da Saúde (OMS) decretou a pandemia.

Mas o que fazer para não sair no prejuízo nessa situação? Veja como cada companhia está tratando o assunto:

Azul Linhas Aéreas

Os voos marcados entre os dias 20 de março e 30 de novembro poderão ser remarcados sem nenhum custo ao passageiro. Essa regra funcionará para voos domésticos ou internacionais.

Para isso é preciso que a solicitação seja feita dentro do prazo de um ano, que é a validade normal das passagens. Além disso, a origem e o destino precisam ser os mesmos.

Caso os locais de origem e de destino sejam alterados, o cliente deverá custear a diferença nas tarifas.

Para aqueles que preferem o reembolso em dinheiro, pode haver cobrança de multas, de acordo com o contrato assinado.

Gol

O cliente pode solicitar de volta as milhas utilizadas na hora da aquisição das passagens, sem custos adicionais, desde que seja Smiles e tenha sido informado sobre o cancelamento de viagens até o dia 30 de setembro de 2020.

Para a solicitação, basta acessar o site www.smiles.com.br/coronavirus ou ligar para a central de atendimento.

Latam

A Latam seguem as mesmas regras da Azul, ou seja, o cliente pode remarcar sem custos desde que mantenha a origem e o destino, além de efetuar a solicitação dentro do prazo de validade de 12 meses, contados a partir da emissão do bilhete.

O passageiro pode solicitar o reembolso dos pontos de volta. Aqueles que solicitarem o reembolso das milhas, terão pontos expirados na devolução revalidados por 180 dias a partir da data do reembolso.

 

 

 

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

continue lendo
Governo do Paraná autoriza nova forma de pagamento do IPVA no estado
continue lendo
Aumento do IPVA 2022 em São Paulo pode ser controlado com projeto de lei
continue lendo
Copom: o que esperar da decisão do BC sobre a Selic com o teto de gastos?
×

Este cartão de crédito sem anuidade está selecionando pessoas para receber possível limite agora!

VER AGORA