Lockdown São Paulo: Cresce possibilidade de isolamento mais rigoroso no estado

Os números negativos relacionados a Covid-19 infelizmente não param de crescer. Com isso, um possível lockdown São Paulo ganha cada vez mais força e os dois pedidos do Centro de Contingência ao Coronavírus comandado por Dimas Covas para que a circulação de pessoas seja ainda mais restrita, influenciam nesta possível decisão.

Lockdown São Paulo: Cresce possibilidade de isolamento mais rigoroso no estado
Lockdown São Paulo: Cresce possibilidade de isolamento mais rigoroso no estado (Foto: Google)

Estes dois pedidos do centro foram manifestados em duas reuniões nesta semana com a presença de autoridades estaduais. Estes pedidos preocuparam o prefeito da capital Bruno Covas (PSDB) e também João Doria, governador do estado, que já começam a debater o possível lockdown na cidade.

Ainda é cedo para saber se o plano será adotado na cidade, porém fontes ligadas ao governo tem certeza que o tema ainda será muito discutido entre os governos dos municípios e do estado durante o final de semana.

Na prefeitura, a percepção é a mesma e todos acreditam que no inicio da próxima semana as discussões relacionadas ao tema serão amadurecidas.

Neste momento, falta unanimidade no Palácio dos Bandeirantes. A percepção é de que Dimas Covas já estaria certo que o lockdown é necessário, porém esta visão ainda não é unanime entre todos os setores do governo estadual.

Além disso, existe também uma pressão vinda de empresários sobre João Doria, mas no momento este é um problema menor. O que ganha força é que a realidade vai se impor e o anúncio do lockdown São Paulo acabará vindo.

Implementação não será imediata

Se a realidade do lockdown se confirmar, sua implementação pode demorar para ser realizada, já que se trata de uma enorme mudança no dia a dia da população.

As pessoas precisam estar cientes das novas regras impostas e passar a obedecer. Por conta disto, existem membros do governo estadual que não acreditam no aumento da restrição de circulação sendo colocado em prática em pouco tempo.

Outro problema seria a forma de fiscalização das restrições impostas pelo lockdown. As cidades não possuem um número grande de guardas municipais, caso fique sob eles a responsabilidade desta fiscalização. Para esta questão Dória já teria o plano de englobar a Policia Militar na demanda.

Por fim, existem prefeitos da região do ABC que ainda não veem necessidade de lockdown, entre eles Orlando Moraes (PSDB) prefeito de São Bernardo e o tucano Paulo Serra de Santo André.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Paulo Amorim
Paulo Henrique Oliveira é formado em Jornalismo pela Universidade Mogi das Cruzes e em Rádio e TV pela Universidade Bandeirante de São Paulo. Atua como redator do portal FDR, onde já cumula vasta experiência e pesquisas, produzindo matérias sobre economia, finanças e investimentos.