FGTS de R$1.045: saiba como usar dinheiro da melhor forma

Neste período de pandemia mundial, não temos como prever como serão os próximos meses. Desta forma, qualquer graninha a mais que recebermos deve ser gasta com planejamento. Para quem vai receber o FGTS de R$1.045, preparamos algumas dicas de como usar este dinheiro de uma forma mais consciente.

FGTS de R$1.045: saiba como usar dinheiro da melhor forma
FGTS de R$1.045: saiba como usar dinheiro da melhor forma (Foto Google)

Ainda não há um calendário específico para a liberação do saque emergencial, a previsão é que ele esteja disponível entre 15 de junho e 30 de dezembro deste ano.

Priorize o necessário

Muitas vezes esperamos receber algum dinheiro para realizar um sonho comprando algo para nós, para os filhos, pais e etc. Porém isso só deve ser feito após uma análise do orçamento da família a médio prazo. Faça um estudo aprofundado de sua situação antes de pensar em usar este dinheiro e algo não essencial.

Estude a situação financeira

Como citado na primeira dica, antes de mais nada precisamos analisar nossa situação antes de pensar no próximo passo. Sem ele, não é possível saber o que podemos ou não fazer com um dinheiro vindo como o FGTS.

O legal é envolver toda a família neste estudo, assim todos ficam cientes da situação da família e caso não seja possível comprar algo no momento, todos saberão porque.

Compras de alimentos com o FGTS

Alimentação é essencial, afinal, não sobrevivemos sem comer. Desta forma, ela sempre precisa vir primeiro no planejamento. Antes de ir ao supermercado separe 15 minutos para organizar uma lista de compras, isto facilita para que você encontre mais rapidamente o que precisa no estabelecimento.

Esta dica é importante também neste momento de pandemia, já que precisamos evitar sair de nossas casas ou permanecer o menor tempo possível fora.

Contas de consumo priorizadas com o FGTS

Assim como alimentação, os serviços básicos como energia elétrica, água e telefone são muito importantes e merecem destaque em seu planejamento! Não esqueça delas. Caso estejam pesando no orçamento, uma economia é sempre bem vinda. Combine com a família banhos mais rápidos, menos tempo com aparelhos eletrônicos ligados.

Contas complementares

Depois de pensar nas contas básicas é o momento de olhar para as contas complementares que englobam TV por assinatura, internet, assinaturas de serviços de streaming entre outros.

Estes gastos muitas vezes comprometem muito o orçamento e se necessário, precisam ser repensadas. Ligue em sua operadora e solicite um desconto em sua assinatura por exemplo, geralmente não é difícil de conseguir. Já os outros serviços podem ser cancelados e retomados no futuro.

Planejamento é o segredo

Para finalizar, reforçamos a necessidade do planejamento para que você retome o controle das despesas familiares, consiga planeja-las e passar por este momento difícil da melhor forma possível.

MAIS LIDAS

×

Deixe as notícias mais recentes encontrarem você

Você pode ficar a par das melhores notícias financeiras e atualizado dos seus direitos com apenas uma coisa: o seu email!

Paulo Amorim
Paulo Henrique Oliveira, formado em Jornalismo pela Universidade Mogi das Cruzes e em Rádio e TV pela Universidade Bandeirante de São Paulo, atua como do redator do portal FDR produzindo matérias sobre economia em geral e também como repórter do site Aparato do Entretenimento cobrindo o mundo da TV e das artes.
×

Este cartão de crédito sem anuidade está selecionando pessoas para receber possível limite agora!

VER AGORA