Sistema da Caixa falha e clientes não conseguem prorrogar financiamento

Entre as medidas divulgadas pela Caixa Econômica Federal para tentar auxiliar os brasileiros durante a pandemia do novo coronavírus, está a prorrogação do pagamento dos financiamentos da casa própria. Mas problemas começaram a ser relatados.

publicidade
Sistema da Caixa falha e clientes não conseguem prorrogar financiamento (Reprodução/Internet)
Sistema da Caixa falha e clientes não conseguem prorrogar financiamento (Reprodução/Internet)
publicidade

De acordo com a Caixa é possível que o contratante realize a prorrogação dos pagamentos em até 90 dias, sendo considerando uma pausa disponibilizada apenas para os clientes de financiamento habitacional.

Vale ressaltar que a medida só é aplicada para aqueles que têm até duas parcelas em atraso, incluindo os contratos em obra, e prazo de carência de 180 dias para contratos de financiamento de imóveis novos.

Mas, nem todos os que se enquadram nos critérios estão conseguindo receber o benefício da pausa no pagamentos. Diversos relatos estão sendo visualizados nas redes sociais, onde clientes detalham que estão encontrando dificuldades.

Entre as principais queixas está que o telefone de informações disponibilizado pelo banco não funciona. Ainda há pontos de reclamações na demora em analisar os pedidos e até para fazer o adiamento do pagamento mesmo após o pedido ter sido aprovado.

Os clientes pontuam que as dificuldades estão na usabilidade do aplicativo, que apresenta inconsistências e, por isso, as solicitações não são finalizadas como esperado. Além disto, outros relatos apontam no débito de valor mesmo com o pedido de pausa feito.

Ou seja, alguns brasileiros que aderiram ao programa estão com seu saldo em conta sendo negativado com o débito no pagamento do financiamento. Alguns relatam demora no atendimento para resolução no problema.

Quando realizado atendimento via telefone, clientes usaram as redes sociais para falar sobre a dificuldade: “Você aperta os comandos e, quando diz que vai ser transferido para um atendente, a ligação cai. Ou a chamada nem chega a ser transferida, já desligam”, detalha internauta.

Em contrapartida, Caixa detalha que estas questão estão sendo realizadas mediante ao grande volume de acessos, podendo haver instabilidade momentânea nos canais de comunicação com o cliente.

Ainda em nota, o órgão detalha que mais de 1,8 milhões de clientes já conseguiram registrar os seus pedidos nos canais disponibilizados.