ATENÇÃO! Vírus que desvia transferências em mais de 60 bancos está FUNCIONANDO e prejudicando pessoas

Programa espião criado por brasileiros é focado em empresas e órgãos públicos. Vírus é espalhado através de e-mails com uso do nome de uma importante empresa de tecnologia. Ao todo mais de 60 bancos já foram alvo.

ATENÇÃO! Vírus que desvia transferências em mais de 60 bancos está FUNCIONANDO e prejudicando pessoas
ATENÇÃO! Vírus que desvia transferências em mais de 60 bancos está FUNCIONANDO e prejudicando pessoas (Imagem: FDR)

Um potente vírus foi descoberto pela equipe de pesquisa do antivírus Kaspersky. A ameaça foi criada por brasileiros que já chegaram a exportar o programa invasor. Os alvos dos ataques são as empresas e órgãos públicos, ao todo mais de 60 bancos já foram atingidos.

Vírus atinge mais de 60 bancos

  • O vírus identificado pela Kaspersky é chamado de Coyote.
  • O ataque é focado em computadores pessoais que são usados em empresas e repartições públicas.
  • O invasor é enviada através de um e-mail com uma suposta atualização do Windows, chamado de chamado de Squirrel.
  • Ele é acionado quando o arquivo é aberto pelo usuário.
  • A grande questão desse vírus é que ele é de difícil identificação pelo antivírus.
  • Isso acontece porque a instalação acontece em etapas.
  • Além disso, a linguagem usada, a nim, nunca havia sido usada em um trojan antes.
  • Segundo a empresa de segurança virtual, esses componentes juntos ajudam a furar as defesas do sistema.
  • Esse tipo de linguagem, nim, já foi vista em ransomwares, ela é tão eficiente para essa prática criminosa.
  • Isso porque ela é capaz de operar diferentes sistemas, como Windows, Linux, iOS ou Android.
  • Depois que o invasor é instalado, todas as atividades bancárias da vítima são monitoradas.
  • A partir disso acontece o roubo de dados e os criminosos podem realizar transações em nome da vítima.

O vírus é tão preocupante que a única ação possível para evitar de se tornar uma vítima é desconfiar dos remetentes desconhecidos.

Sempre conferir o endereço de e-mail antes de clicar em qualquer link. E até evitar abrir e-mail que desconheça.

Jamille Novaes
Baiana, formada em Letras Vernáculas pela UESB, pós-graduada em Gestão da Educação pela Uninassau. Apaixonada por produção textual, já trabalhou como corretora de redação, professora de língua portuguesa e literatura. Atualmente se dedica ao FDR e a sua segunda graduação.