Como participar do mutirão do INSS? Campanha antecipa aprovação dos salários

Pontos-chave
  • O INSS tem usado os mutirões para antecipar a liberação de pedidos;
  • Há duas formas de conseguir participar desse atendimento;
  • As avaliações e perícias acontecerão aos finais de semana.

Em busca de diminuir a fila de espera por benefícios previdenciários, foi criado o mutirão do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social). A ideia é que os segurados que estejam aguardando há dias para passar por perícia médica possam finalmente participar do exame. E assim, antecipar a liberação do seu salário.

Como participar do mutirão do INSS? Campanha antecipa aprovação dos salários
Como participar do mutirão do INSS? Campanha antecipa aprovação dos salários (Imagem: FDR)

Um dos assuntos que mais renderam em 2023 na Previdência Social foi a fila de espera pelo benefício. O ministro, Carlos Lupi, chegou a prometer o prazo de até 45 dias entre o pedido e a resposta, mas muitas pessoas não viram isso acontecer. Uma das ideias adotadas no ano passado foi o mutirão do INSS.

Por meio do mutirão as pessoas que estão só conseguiram agendar a perícia médica para mais de 30 dias após o pedido, possam finalmente ser examinadas. Para isso, as agências da Previdência estão abrindo aos sábados, e os peritos estão fazendo hora extra a fim de conseguir atender o grande volume.

Para o ministro Carlos Lupi a fila nunca vai acabar, mas o governo pode traçar rotas para diminuir o tempo de espera. Enquanto mais pedidos são respondidos pelo mutirão do INSS, novos são encaminhados todos os dias via canal online. Hoje, o tempo de espera chega a 49 dias, segundo a Previdência Social.

“Eu quero, nesse ano de 2024, chegar à data de 30 dias de espera para conclusão do benefício. O que quer dizer? Que no próprio mês que a pessoa dê entrada, conclua o processo”, disse o ministro.

Como funciona o mutirão do INSS?

Segundo informações do governo, tem sido intensificado o mutirão do INSS. As ações de atendimento extraordinário visam antecipar a liberação de benefícios por incapacidade, e são divididas em duas formas de atendimento:

  • Perícia médica – feito por médicos habilitados pelo INSS, onde a deficiência ou invalidez do segurado é avaliada para confirmar que ele precisa do benefício;
  • Avaliação social – dedicada a quem solicitou o BPC (Benefício de Prestação Continuada). Assistentes sociais habilitados buscam entender a realidade que aquela família vive em relação a renda, alimentação, acesso a serviços básicos, e outros.

As pessoas agendadas para a avaliação social e perícia médica devem levar seus documentos médicos (laudos, atestados, receitas) no dia do atendimento no mutirão do INSS.

Quem pode participar do mutirão do INSS?

Por hora, o governo tem adotado medidas de antecipação dos pagamentos de benefícios por incapacidade. Pensando nisso, podem participar do mutirão do INSS os cidadãos que:

  • Solicitaram o BPC – pago a idosos com mais de 65 anos, ou pessoas com deficiência de qualquer idade;
  • Solicitaram o Benefício de Incapacidade Temporária (auxílio-doença) – quem recebeu atestado médico para afastamento por mais de 15 dias do local de trabalho.

Os pedidos de aposentadoria não foram inclusos nos mutirões. A grande preocupação do INSS é conseguir lidar com os atendimentos presenciais, e todos os benefícios por incapacidade física dependem desses atendimentos.

As aposentadorias, salário maternidade, salário família ou auxílio-reclusão são analisados administrativamente. Ou seja, por um funcionário interno que não tem contato com o titular do pedido.

Como participar do mutirão do INSS?

Segundo o governo federal existem duas formas de participar do mutirão do INSS. Nas duas o cidadão deve estar sempre atento as publicações da Previdência Social para não se perder.

Ligação do INSS

  • A Central liga para o o segurado e diz que há a opção de agendar o atendimento pelo mutirão, antecipando a perícia ou avaliação social;
  • Caso o segurado concorde, a marcação é feita;
  • Nestes casos o número que vai aparecer no visor do telefone celular quando o instituto ligar é (11) 2135-0135.

Pelos canais remotos do Instituto

  • Quando o INSS divulga que a agenda de avaliação social ou perícia médica estará aberta e os segurados fazem o agendamento;
  • O atendimento pode ser marcado através do site, pelo aplicativo Meu INSS, ou em contato pela Central Telefônica 135, que funciona de segunda a sábado, no horário das 7h às 22h.

Não há atendimento espontâneo no mutirão do INSS. Ou seja, quando a Agência da Previdência abrir no final de semana para realizar o atendimento extra somente os segurados que estejam previamente agendados passarão pelo exame pericial ou pela avaliação social.

Quem já encaminhou seu pedido, mas gostaria de usar o sistema Atestmed que substituí a perícia presencial por atestado médico, pode levar os documentos em qualquer agência. Neste caso não é preciso agendamento. 

Lila Cunha
Autora é jornalista e atua na profissão desde 2013. Apaixonada pela área de comunicação e do universo audiovisual. Suas redes sociais são: @liilacunhaa, e-mail: [email protected]