Imposto de Renda tem datas divulgadas para entrega da declaração de 2024; veja calendário

O Imposto de Renda é amplamente conhecido pela população brasileira. Com o seu prazo de início chegando ao dia marcado, os cidadãos estão buscando mais informações sobre quando a declaração precisa ser entregue para a Receita Federal. Portanto, confira este e mais detalhes abaixo.

Isenção do Imposto de Renda vai mudar e 13,7 deixarão de pagar tributos em 2023
Imposto de Renda tem datas divulgadas para entrega da declaração de 2024; veja calendário. (Imagem: Montagem/FDR)

Atualmente, o prazo estipulado pela Receita Federal para a entrega do Imposto de Renda será entre 13/03 e 31/05. Ou seja, o prazo de encerramento para a entrega da declaração será a mesma utilizada pelo órgão federal em 2023. Desta forma, é fundamental seguir este calendário oficial à risca, visando multas e juros.

Respeitando o calendário emitido pela Receita Federal, as chances de haverem problemas vinculados ao seu CPF são reduzidas. Além disto, é recomendado que o processo de análise contábil já esteja em início para os brasileiros. Muitos já estão prontos, mas existe uma grande quantidade que ainda teme a malha fina.

Como evitar a malha fina do Imposto de Renda?

Para evitar que precise refazer a sua declaração, existem algumas dicas que devem ajudar o contribuinte. Entre as dicas, está a revisão da documentação antes do envio final. Por vezes, as pessoas deixam para realizar a entrega da declaração próximo ao prazo. Com isto, erros acabam passando batido.

Aqueles que caíram na malha fina não poderão receber a restituição no prazo geral. Ou seja, aquelas pessoas que entregaram a documentação e estão aptos ao recebimento, estes receberam em um dia específico, ainda não divulgado. Já os que foram para a malha fina ainda podem receber, mas apenas no fim do ano.

Dicas para evitar transtornos com o IRPF

Para evitar complicações, é fortemente indicado que o cidadão realize a consulta com o contador. O profissional poderá ter acesso aos seus dados e determinar a documentação necessária da forma correta. É um investimento que pode ser vantajoso, tendo em vista complicações com a Receita Federal.

Flávio Costa
Estudante de jornalismo, já atuou na área de assessoria política ao compor o time de comunicação da atual governadora do estado, durante sua campanha eleitoral. Anteriormente, cursou 2 anos no curso de relações internacionais, podendo ampliar sua visão no aspecto macro e micro do cenário nacional e internacional. Fluente em inglês, já atuou como professor de idiomas e também de matemática. Por fim, trabalhou ainda como analista de operações pelo grupo Amazon. Atualmente, dedica-se a universidade e ao portal FDR. Suas redes sociais são @flavioarcosta e [email protected].