Enem dos Concursos: veja os conteúdos que cairão nas provas

Pontos-chave
  • O concurso será realizado em 220 cidades;
  • Há oito blocos de atuação com cargos e vagas diferentes;
  • Haverão questões discursivas dentro da prova.

Conforme havia prometido, o governo federal lançou o Concurso Público Nacional Unificado (CPNU). A prova tem sido popularmente chamada de Enem dos concursos, devido a semelhança que terá com o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Os interessados já podem começar a estudar para as provas.

Enem dos Concursos: veja os conteúdos que cairão nas provas
Enem dos Concursos: veja os conteúdos que cairão nas provas (Imagem: FDR)

O Enem tradicional, dedicado a quem está concluindo o ensino médio, permite que a nota obtida seja usada em diferentes instâncias. Para entrada em universidades públicas por meio de programas do governo federal, ou para tentar desconto e bolsas em universidades particulares.

A ideia é que o Enem dos concursos tenha esse mesmo propósito. Com a nota obtida na prova o candidato poderá concorrer a uma vaga em diferentes órgãos públicos, sem precisar realizar uma prova para cada vez que fosse concorrer. Como o próprio nome já diz, a ideia é unificar as ofertas de emprego.

Pelo menos 21 órgãos públicos federais vão usar desta mesma prova para seleção dos novos funcionários. Serão 6.641 vagas de emprego preenchidas por meio deste único exame. Os cargos exigem a escolaridade desde o ensino médio até ensino superior, em diferentes áreas de atuação.

A prova será realizada no dia 5 de maio e contará com avaliações objetivas específicas e dissertativas, por área de atuação. Os editais do Enem dos concursos por blocos já foi divulgado. Os blocos foram divididos em:

  • Administração e Finanças Públicas;
  • Setores Econômico, Infraestrutura e Regulação;
  • Agricultura e Meio Ambiente;
  • Educação, Ciência, Tecnologia e Inovação;
  • Políticas Sociais, Justiça e Saúde;
  • Trabalho e Previdência;
  • Dados Tecnologia e Informação Pública;
  • Nível Médio.

Cronograma do Enem dos concursos

Os candidatos devem estar atento ao cronograma do Enem dos concursos, em que cada etapa tem data de início e de término. Quem perder os prazos será prejudicado porque não haverão novas oportunidades.

  • 24/11/2023 – divulgação da banca;
  • 10/01/2024 – publicação do edital;
  • 19/01 a 09/02/2024 – inscrições;
  • 29/02/2024 – divulgação dos dados finais de inscrições;
  • 29/04/2024 – divulgação dos cartões de confirmação;
  • 05/05/2024 – aplicação das provas;
  • 03/06/2024 – divulgação dos resultados das provas objetivas e preliminares das provas discursivas e de redação;
  • 30/07/2024 – divulgação final dos resultados;
  • 05/08/2024 – início da convocação para posse e cursos de formação.

Os editais de cada um dos oito blocos temáticos contendo os cargos e o número de vagas podem ser acessados por aqui. Ao se inscrever será preciso escolher um destes blocos para concorrer para qualquer uma das vagas disponíveis em cada um deles.

O governo federal tem desfalque de 71 mil servidores públicos, e o objetivo é minimizar a falta de mão de obra. Também há expectativa de que em 2026 um novo Enem dos concursos possa acontecer.

Estrutura de prova do Enem dos concursos

As provas do Enem dos concursos acontecerão em 220 municípios. Ao se inscrever os interessados devem indicar onde pretender realizar o exame. A taxa é de R$ 60 para candidatos às vagas de nível médio e R$ 90 para candidatos de nível superior.

A banca organizadora é a Fundação Cesgranrio que deve preparar uma prova dividida em dois turnos, da seguinte forma:

Matutino (2h30 de prova)

  • Nível superior: provas objetivas de conhecimentos gerais (20 questões) + prova discursiva de conhecimentos específicos do bloco;
  • Nível médio: provas objetivas (20 questões) + redação.

Vespertino (3h30 de prova):

  • Nível superior: provas objetivas de conhecimentos específicos (50 questões);
  • Nível médio: provas objetivas (40 questões).

As avaliações são de caráter classificatório e eliminatório e contemplam a 1ª fase da primeira etapa do Enem dos concursos, que terá validade de 12 meses. Pessoas com deficiência passarão pela perícia médica (avaliação biopsicossocial). Índios e negros também serão avaliados.

O que estudar para o Enem dos concursos?

A recomendação é de que os candidatos leiam com atenção os editais do Enem dos concursos, a partir disso se preparem para estudar. Alguns conteúdos são padrão e devem cair independente dos blocos, mas há outros que são específicos dependendo da área de atuação.

Nível médio

  • Realidade brasileira: políticas públicas, direitos humanos, diversidade, inclusão e meio ambiente;
  • Língua Portuguesa: interpretação de texto, gramática, concordância verbal;
  • Matemática: raciocínio lógico, expressões numéricas, multiplicação, divisão, frações;
  • Redação: tema apresentando no momento da prova há ser dissertado.

Nível superior

  • Questões discursivas: estude o correto uso da língua portuguesa e seu poder de convencimento;
  • Língua Portuguesa: interpretação de texto, gramática, concordância verbal;
  • Matemática: raciocínio lógico, expressões numéricas, multiplicação, divisão, frações;
  • Questões específicas.

Lila Cunha
Autora é jornalista e atua na profissão desde 2013. Apaixonada pela área de comunicação e do universo audiovisual. Suas redes sociais são: @liilacunhaa, e-mail: [email protected]