Enem dos concursos: inscrições, prazos, valores e conteúdos para você se preparar

Pontos-chave
  • O Enem dos concursos abre as inscrições neste mês;
  • Há 6,6 mil vagas disponíveis em 21 órgãos públicos;
  • Os interessados disputarão entre 8 bloco temáticos.

Foram publicados na última quarta-feira (10) oito editais do Concurso Unificado. Popularmente chamado de “Enem dos concursos“, o projeto foi chamado assim devido ao tempo de prova proposto, e as possibilidades de uso da nota. Ao todo, serão 6,6 mil vagas de emprego em 21 órgãos públicos federais. 

Enem dos concursos: inscrições, prazos, valores e conteúdos para você se preparar
Enem dos concursos: inscrições, prazos, valores e conteúdos para você se preparar (Imagem: FDR)

Quais as semelhanças entre o ENEM (Exame Nacional do Ensino Médio), e o chamado Enem dos concursos? Na verdade, esse nome foi dado ao Concurso Nacional Unificado (CNU) porque assim como a nota do Enem permite a entrada em diferentes universidades, o CNU permitirá o acesso a empregos diferentes.

Os candidatos poderão se inscrever entre 8 blocos temáticos, cada um com o seu edital. Ao prestar a prova pra aquele bloco e tema específico, o candidato passa a concorrer para as vagas de diferentes órgãos públicos. Isso significa que ao invés de prestar vários concursos, este valerá para todos os cargos desejados.

A expectativa do Ministério da Gestão e da Inovação em Serviços Públicos (MGI) é de que o Enem dos concursos receba de 2 milhões a 3 milhões de inscritos. Os candidatos poderão se candidatar a partir do dia 19 de janeiro, escolhendo para qual edital e bloco temático pretende disputar um cargo público.

De acordo com o MGI, as 6.640 oportunidades de emprego que ficarão disponíveis entre os 21 órgãos públicos federais representam 73% das vagas que estão abertas atualmente no serviço público do país. Os editais podem ser consultados por aqui.

Cronograma do Enem dos concursos

O governo federal também já publicou, junto aos editais, o cronograma do Enem dos concursos. Neste calendário estão descritos os prazos para que os candidatos participem de cada uma das etapas e fases.

  • Inscrições: 19/01 a 09/02/2024;
  • Divulgação dos dados finais de inscrições: 29/02/2024;
  • Divulgação dos cartões de confirmação: 29/04/2024;
  • Aplicação das provas: 05/05/2024;
  • Divulgação dos resultados das provas objetivas e preliminares das provas discursivas e redação: 03/06/2024;
  • Divulgação final dos resultados: 30/07/2024;
  • Início da convocação para posse e cursos de formação: 05/08/2024.

Blocos de inscrição do Concurso Unificado

Ao fazer a inscrição no Enem dos concursos o candidato precisará escolher um dos oito editais disponíveis. Os cargos ficarão descritos em cada edital que foram divididos da seguinte maneira:

  • Bloco 1: Infraestrutura, Exatas e Engenharias: 727 vagas;
  • Bloco 2: Tecnologia, Dados e Informação: 597 vagas;
  • Bloco 3: Ambiental, Agrário e Biológicas: 530 vagas;
  • Bloco 4: Trabalho e Saúde do Servidor: 971 vagas;
  • Bloco 5: Educação, Saúde, Desenvolvimento Social e Direitos Humanos: 1.016 vagas;
  • Bloco 6: Setores Econômicos e Regulação: 359 vagas;
  • Bloco 7: Gestão Governamental e Administração Pública: 1.748 vagas;
  • Bloco 8: Nível Intermediário: 692 vagas.

Faixa de salário por bloco

  • Infraestrutura, Exatas e Engenharia: R$ 5.212,29 a R$ 20.924,80;
  • Tecnologia, Dados e Informação: R$ 5.212,29 a R$ 20.924,80;
  • Ambiental, Agrário e Biológicas: R$ 5.212,29 a R$ 20.924,80;
  • Trabalho e Saúde do Servidor: R$ 4.407,90 a R$ 22.921,71;
  • Educação, Saúde, Desenvolvimento Social e Direitos Humanos: R$ 5.488,70 a R$ 11.186,69;
  • Setores Econômicos e Regulação: R$ 7.736,77 a R$ 20.924,80;
  • Gestão Governamental e Administração Pública: R$ 6.761,72 a R$ 9.252,40;
  • Nível Intermediário: R$ 4.008,24 a 8.469,89.

Inscrições no Enem dos concursos

As inscrições no Enem dos concursos começam dia 19 de janeiro, e os candidatos precisarão pagar taxa de participação de R$ 60 para nível médio e R$ 90 para nível superior. Poderão pedir isenção da taxa inscritos no Cadastro Único, doadores de medula óssea e quem for ou já tenha sido bolsista do Prouni ou Fies.

Para se inscrever é preciso ter uma conta no Gov.br de qualquer nível. Funcionará assim:

  • Acesse o portal do Concurso Público Unificado;
  • Clique em “Inscrição” e faça login pelo Gov.br;
  • Ao dar início ao cadastro escolha um bloco temático e, depois, os cargos que tem interesse;
  • Ordene a sua preferência entre os cargos e especialidades;
  • Emitia a guia para pagamento da taxa.

De acordo com o governo, apenas 1 bloco entre os 8 poderá ser escolhido, mas dentro dele o candidato pode concorrer a quantas vagas quiser.

Estrutura de prova do Concurso Unificado

Os inscritos poderão escolher entre as 220 cidades disponíveis para realização da prova do Concurso Unificado. A banca organizadora é a Fundação Cesgranrio que construirá um exame contendo a seguinte estrutura:

Matutino (2h30 de prova)

  • Nível superior: provas objetivas de conhecimentos gerais (20 questões) + prova discursiva de conhecimentos específicos do bloco.
  • Nível médio: provas objetivas (20 questões) + redação.

Vespertino (3h30 de prova):

  • Nível superior: provas objetivas de conhecimentos específicos (50 questões).
  • Nível médio: provas objetivas (40 questões).

As avaliações são de caráter classificatório e eliminatório e contemplam a 1ª fase da primeira etapa do Enem dos concursos, que terá validade de 12 meses. Pessoas com deficiência passarão pela perícia médica (avaliação biopsicossocial). Índios e negros também serão avaliados.

Lila Cunha
Autora é jornalista e atua na profissão desde 2013. Apaixonada pela área de comunicação e do universo audiovisual. Suas redes sociais são: @liilacunhaa, e-mail: [email protected]