Edital do Concurso Nacional Unificado foi publicado; veja vagas, salários e prazos

Pontos-chave
  • O Concurso Público Nacional Unificado (CNU) significa um edital único para todos os órgãos federais;
  • Das 6.640 vagas disponíveis, 2.053 oferecem salários acima de R$ 10 mil;
  • As inscrições estão programadas para o período de 19 de janeiro a 9 de fevereiro.

O Governo Federal anunciou o lançamento do Concurso Público Nacional Unificado, conhecido como “Enem dos concursos”, por meio de oito editais que oferecem 6.640 vagas no funcionalismo público. 

Edital do Concurso Nacional Unificado foi publicado; veja vagas, salários e prazos
Edital do Concurso Nacional Unificado foi publicado; veja vagas, salários e prazos. Imagem: FDR)

Os salários iniciais para convocados pelo Concurso Público Nacional Unificado variam de R$ 4 mil a quase R$ 23 mil, com a previsão de um aumento de gastos anuais de R$ 2 bilhões para a incorporação dos novos servidores.

Das 6.640 vagas disponíveis, 2.053 oferecem salários acima de R$ 10 mil, representando 30,9% do total. Além disso, há 1.405 vagas com remuneração superior a R$ 15 mil, correspondendo a 21% do total de oportunidades.

O Ministério da Gestão e Inovação (MGI), responsável pelo Concurso Público Nacional Unificado, espera a participação de pelo menos dois milhões de candidatos nas provas, que ocorrerão em 220 cidades do Brasil

As inscrições estão programadas para o período de 19 de janeiro a 9 de fevereiro, enquanto a prova única será realizada em 5 de maio. O resultado final será divulgado em 30 de julho.

Com a participação de 21 órgãos no concurso, a seleção dará ênfase a candidatos de nível superior, oferecendo 5.948 vagas para graduados e 692 para nível médio.

Os salários variam de acordo com a vaga. Um técnico em informações geográficas e estatísticas do IBGE, de nível médio, terá um piso de R$ 4.008, salário mais baixo entre os cargos disponíveis.

O que é o Concurso Público Nacional Unificado?

O Concurso Público Nacional Unificado (CNU) significa um edital único para todos os órgãos federais que tiveram edital de concurso público autorizado em 2023. O certame que também tem sido chamado de “Enem dos concursos” é realizado pela primeira vez.

Veja os benefícios do Enem dos concursos:

  • Centralizar os certames para o recrutamento de novos servidores;
  • Agilidade na contratação dos novos servidores;
  • Possibilidade de reconstruir a capacidade dos órgãos após perda de 73 mil servidores nos últimos seis anos;
  • Amplia e democratiza o acesso da população às vagas públicas.

A proposta do MGI indica um certame com vagas para diversas áreas. Veja quais são as particularidades do CNU:

  • Primeiro concurso unificado em órgãos federais;
  • Possibilidade de provas em 220 municípios em todas as 5 regiões do país;
  • Distribuição das vagas será feita por meio de blocos temáticos;
  • Possibilidade de inscrição para mais de um cargo;
  • Um edital para cada bloco temático.

Quais órgãos participam do Concurso Público Nacional Unificado?

  • Ministério da Gestão e da Inovação em Serviços Públicos (MGI);
  • Ministério do Planejamento e Orçamento (MPO);
  • Ministério do Desenvolvimento, Indústria, Comércio e Serviços (MDIC);
  • Agência Nacional de Transportes Aquaviários (ANTAQ);
  • Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL);
  • Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS);
  • Ministério da Agricultura e Pecuária (MAPA);
  • Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária (INCRA);
  • Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (INEP);
  • Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTI);
  • Fundação Nacional dos Povos Indígenas (FUNAI);
  • Ministério da Saúde (MS);
  • Ministério da Justiça e Segurança Pública (MJSP);
  • Ministério do Trabalho e Emprego (MTE);
  • Superintendência Nacional de Previdência Complementar (PREVIC);
  • Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE);
  • Ministério da Educação (MEC);
  • Ministério dos Direitos Humanos (MDHC);
  • Advocacia-Geral da União (AGU);
  • Ministério dos Povos Indígenas (MPI);
  • Ministério da Cultura (MinC).

Quais são as etapas do Concurso Público Nacional Unificado?

  • 1° passo: realizar a inscrição dentro do bloco temático de preferência;
  • 2° passo: escolher a ordem de preferência dos cargos que fazem parte do bloco temático;
  • 3° passo: escolher a cidade onde realizará as provas;
  • 4° passo: pagamento de apenas uma taxa de inscrição;
  • 5° passo: aplicação das provas em um único dia para todos os cargos em 220 cidades.

Blocos temáticos do Concurso Público Nacional Unificado

O bloco temático do Concurso Nacional Unificado significa um grupo de órgãos que têm familiaridade nas áreas de atuação governamental. São oito blocos temáticos. Deste total, há um focado apenas em cargos de níveis médio e técnico.

Entenda quais são os blocos temáticos do CNU:

  • Infraestrutura, Exatas e Engenharia;
  • Tecnologia, Dados e Informação;
  • Ambiental, Agrário e Biológicas;
  • Trabalho e Saúde do Servidor;
  • Educação, Saúde, Desenvolvimento Social e Direitos Humanos;
  • Setores Econômicos e Regulação;
  • Gestão Governamental e Administração Pública;
  • Nível Intermediário.

Laura Alvarenga
Laura Alvarenga é graduada em Jornalismo pelo Centro Universitário do Triângulo em Uberlândia - MG. Iniciou a carreira na área de assessoria de comunicação, passou alguns anos trabalhando em pequenos jornais impressos locais e agora se empenha na carreira do jornalismo online através do portal FDR, onde pesquisa e produz conteúdo sobre economia, direitos sociais e finanças.